Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

há mar em mim

10. Às quintas viajamos...

Bem-vindos ao Há mar em mim!

Preparados para mais uma viagem?

(Imagem aqui)

 

A convidada de hoje tem um blog, cujo lema (chamemos-lhe assim) é bastante positivo: Se a vida te der limões, faz limonada. E creio que o blog da Marta Elle é isso mesmo, um espaço que podemos visitar e encontrar sempre artigos e sugestões que nos deixam bem dispostos. Já conhecem o blog Nota Dissonante? Ótimo! Não conhecem? Façam-no.

Agora deixo-vos com a Marta e a sua viagem "vá para fora cá dentro".

 

Costumo ler atentamente a rubrica da CS Às quintas viajamos, mas fui apanhada de surpresa com o convite porque sou uma pessoa muito caseira, viajo pouco. Além disso, sempre fui uma pessoa reservada, por isso quando viajo não conheço pessoas novas.Não sou obviamente uma pessoa que viaja para destinos exóticos e que tem inúmeras aventuras. Mais facilmente tenho aventuras sem mesmo sair de casa ( as gatas fazem patifarias, eu prego partidas, algum vizinho faz disparates ) .No entanto, gostaria de agradecer o simpático convite.

Se hoje em dia, quase não viajo, quando era criança e adolescente, pelo contrário, viajava bastante.

O meu destino preferido era São Pedro de Moel, uma aldeia perto de Leiria para onde íamos nas férias da Páscoa e no verão.

Gosto de São Pedro de Moel por ser perto do mar, sossegado e, principalmente, devido às suas vivendas construídas nos anos 40/50 do século passado com uma arquitetura muito própria.Creio que pertenciam a donos de fábricas de vidro da Marinha Grande.

São Pedro Moel1[2113].jpg


Quando lá ia em criança, nos anos 70, os jardins estavam cuidados e eram lindíssimos, mas com o decorrer do tempo, passaram a estar entregues ao abandono. A arquitetura invulgar das casas, no entanto, permaneceu.

São Pedro Moel2[2114].jpg

São Pedro De Moel é também ótimo para fugir ao calor do verão porque é mais fresco por estar inserido no pinhal de Leiria.

 

Conhecem São Pedro de Moel? Eu confesso que não conheço, ainda tenho muito Portugal por descobrir. Não é tão bom recordar sítios da nossa infância?

Obrigada, Marta, por estares aqui comigo.

 

Beijocas e boa quinta-feira!

22 comentários

Comentar post