Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

há mar em mim

12. Às quintas viajamos...

Bom dia!

Como estão? Já a pensar no fim-de-semana? Na praia? Hum...tão bom...e com este calor não apetece mesmo pensar em mais nada. Ou apetece? Uma viagem...talvez?!

(Imagem aqui)

 

Hoje, no Há mar em mim, tenho o prazer de ter a companhia de uma das miúdas mais queridas da blogosfera, que está sempre pronta para nos encher de mimos, mas que gosta de se manter Desconhecida.

Deixo-vos com a autora do blog 1Simples Desconhecido.

 

Bom, como sabem, ou não, a Desconhecida é de Braga, moça do Norte portanto! Esperem lá, parem tudo!!! Onde é que eu tinha a cabeça, que raio de modos os meus…

 

Minha querida C.S., OBRIGADA! Obrigada por este maravilhoso convite, agradeço de coração!

 

Continuando…

 

Aqui a vossa Desconhecida, a miúda do Norte, teve a oportunidade de ir dois dias até LISBOA! LISBOA, pessoal!

Ok, não parece nada impressionante, mas para mim foi, e o melhor de tudo, fui com os meus melhores amigos até à Capital, sem pais, já estão a imaginar, não é!?

 

DSCF0061.JPG

 

DSCF0062.JPG

 

Pois se não imaginam, eu conto um pedacinho. Chegamos, passemos, instalamo-nos na pousada da juventude. Chega a hora de jantar, saímos, estamos animados, Lisboa não tem nada a ver com a nossa cidade, são sinais de trânsito por todo o lado, é trânsito por todo o lado, multidões de pessoas, espaços amplos e enormes. O que é isto!? Nova Iorque?

 

Encontramos o local para jantar, os amigos deliciam-se com um rodízio de pizzas, ainda hoje se fala nisto, aquilo era tanta, mas tanta pizza… Como era de esperar, ficaram enfartados, fomos caminhar, descemos, subimos, direita, esquerda… Paramos, não sabemos como, mas de repente estávamos num concerto ao ar livre, ficamos mesmo fascinados com tudo isto, há tanta gente nas ruas, há tantas lojas, tantos restaurantes, bares e afins, há tanto movimento, parece que a cidade não dorme!

 

Sentamo-nos no chão a ouvir a música, e no fim!? No fim, um fogo-de-artifício espetacular! Hora de voltar para a pousada, bora lá! Pois, bora lá, mas por onde!? Estamos longe, e agora, chamamos um táxi!? Nada disso… Voltamos à pousada, e querem saber como? Claro que querem, esta é a parte emocionante! Voltamos com um polícia, sim, um dos muitos polícias que por ali andava a controlar, que era conhecido de um amigo meu. Excelente! Que sorte!

 

Esperem lá, somos 8 ao todo, o carro só tem 5 lugares! Estamos rodeados de polícias, a nossa boleia é um polícia, deixamos alguém para trás!? Nada disso… O Sr. Polícia infringiu as regras, as miúdas foram no colinho dos rapazes, ouve muito riso até à pousada, e tudo acabou em bem!

 

DSCF0063.JPG

 

Só uma coisinha, não digam isto a ninguém, combinado!? E já agora, queridos Lisboetas, têm uma cidade linda, e com uns polícias muito porreiros!

 

Beijinhos, A Desconhecida

 

 

Adorei este relato. A miúda conseguiu passar-nos uma imagem de Lisboa vibrante, jovem e festiva, não concordam?

Desconhecida, foi um prazer ter-te por aqui e tens toda a razão, eu não sou Lisboeta, mas também acho que a nossa capital é uma cidade lindíssima.

 

Beijinhos e boa quinta-feira.

40 comentários

Comentar post

Pág. 1/2