Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

há mar em mim

9 janeiro (um ano depois)

O há mar em mim nasceu a 9 de janeiro de 2017. 

Não foi uma resolução de ano novo. Nem foi muito pensado.

Nasceu de um momento mau, vou assumi-lo. De um momento em que, profissionalmente, me senti só e vulnerável. Desamparada. 

Um momento em que fiz uma pausa. A pensar em mim. Para voltar a colar os cacos. E este blog serviu de cola. Sei-o agora. 

Criei o há mar em mim para dar espaço à minha voz interior. E este blogue tornou-se um hobby, um diário, um motivador de escrita e um local de partilhas. 

Não sabia se duraria um mês, porque podia muito bem ter servido apenas para ocupar os meus dias cinzentos de janeiro. Mas depois completou um mês, três, seis... E cá estamos! Um ano depois! 

Sei que o vosso feedback foi essencial para chegar a esta marca, porque sem as partilhas, sem ficar a conhecer um pouco de cada um de vocês que passa por aqui, isto teria esmorecido.

A verdade é que nós gostamos de escrever, mas quem tem um blog, diga o que disser, gosta de receber retorno, ou confinaria a sua escrita a um caderno ou a uma página de word. 

Deste primeiro ano guardo com carinho muitos momentos. Os textos que escrevi para: Delito de Opinião, Miss UnicornChic'Ana e Triptofano. Os contos que foram sendo muito bem recebidos, havendo um que mobilizou muitos de vocês (alguns, vá...) para que a história tivesse continuidade - este é um momento que está no meu top5 deste 1.º ano de há mar em mim. As viagens, que eu gostava que fossem sempre muitas mais. As quintas em que viajámos juntos (obrigada a todos os que participaram). Os textos que foram destacados pela equipa do Sapo, quer no SapoBlogs, quer na Homepage do Sapo (obrigada!). E claro, as pessoas por detrás dos blogs que lemos (sem qualquer ordem): 

- O João Freitas Farinha, que foi a 1.ª pessoa que comentou um post meu e que tem um blog incrível, sem dúvida um dos meus preferidos; 

- A Maria, que é uma querida e está sempre bem disposta; 

- A Joana, cujo blog eu não resisto a ler;

- O Robinson, que nos leva a refletir sobre a atualidade; 

- O HD, que tem o blog mais bem disposto cá do bairro; 

- A Hipster, que lançou um livro e é um doce de moça;

- A Psicogata, que tem um dos blogues mais interessantes aqui do sítio; 

- A Desconhecida, uma miúda impecável que nos deixa ir acompanhando a sua caminhada, agora no ensino superior;

- A Happy, que começou o seu blog, mais ou menos, ao mesmo tempo que eu e que adora viajar;

- A Mimi, que tem quatros filhos e mesmo assim não fica alheia a nada; 

- O Papagaio, que tem um blog onde reina a boa disposição; 

- A Mula, que desabafa connosco e mesmo assim tem a capacidade de nos colocar um sorriso na cara;

- E a Mami, a Just, a Sofia, a Gorduchita, a Fátima, a m-M, a Osa, a Andreia, as 2mulheresemeia, a T., a Miss,  a Mariana, a M.J., a Desarrumada, o P.A., a Ana, o P.P., a Mia, a Graça, cheia, a Alice, a Kat, o Último... 

- E a todos os que passam por cá (haverá alguém?) mesmo sem terem um blog.

 

É um prazer partilhar este espaço convosco. 

 

Para terminar, deixo-vos os números do 1.º ano de há mar em mim:

- 13766 visitas;

- 56023 visualizações;

- 266 subscritores, 7 por e-mail, os restantes nas leituras. 

 

O mar que há em mim está mais completo.

 

(Imagem aqui)

 

(Às 10h, tal como combinado, irei revelar quem é o vencedor(a) da brincadeira que vos lancei para assinalar o dia. Até já...

39 comentários

Comentar post

Pág. 1/2