Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

há mar em mim

Chega amanhã...

É verdade! É já amanhã.

1507-1.jpg

(Imagem aqui)

Quanto a vocês não sei, mas eu estou à espera deste álbum já há algum tempo e os motivos são diversos: Miguel Araújo é um dos grandes nomes da música nacional; (para mim) é o melhor compositor da atualidade nacional; gosto da sua voz; admiro a forma como foi ganhando o seu espaço no mercado musical nacional e é uma pessoa inteligente e apaixonada por aquilo que faz; não compõe única e exclusivamente para si e mantém uma relação muito saudável com alguns dos melhores músicos portugueses.

Este trabalho dá pelo nome de Giesta, lugar onde nasceu o cantautor, por isso espera-se, (até pela música já apresentada: 1987), que seja um revisitar de memórias, momentos e sensações. E se há coisa que Miguel Araújo faz bem é visitar esses lugares, veja-se as letras das músicas Capitão FantásticoJosé ou Romaria das Festas de Santa Eufémia.

Já ouvi o Miguel Araújo a confessar que adora compor, que às vezes ouve letras músicas que considera muito boas e pergunta-se porque não foi ele a ter ideia para escrever aquilo. Já eu gostava de ter um pouco da sua habilidade para a escrita e não me importava nada, mas mesmo nadinha, de ter escrito qualquer uma das suas canções.

2 comentários

Comentar post