Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

há mar em mim

Conhecem a Rosinha?

A Rosinha nasceu de uma relação aparentemente perfeita, até ao dia em que os seus pais decidiram divorciar-se e mostrar as garras.

Tribunal ao barulho e a Rosinha pelo meio. Do alto dos seus sete anos compreendeu que se os pais não iam ficar juntos alguém tinha de lucrar com a situação. E a Rosinha amorosa foi ficando cada vez mais autoritária, parecendo que só ela conseguia meter os pais em sentido. Pelo menos no sentido de satisfazer todos os seus caprichos.

A Rosinha amadureceu em clima de tensão e aprendeu a manipular todos à sua volta. Conseguia sempre o que queria. Até na escola. Conseguia as amizades, os namorados, os melhores lugares para almoçar... Era a Rosinha líder, usufruindo de tudo aquilo que essa posição possa ter de mau.

Os anos passaram e a Rosinha julgava-se invencível. Foi o mercado de trabalho e a doença da mãe que a fizeram descer do pedestal e um dia a Rosinha compreendeu que não havia uma única pessoa na sua vida em quem pudesse confiar totalmente.

Aos vinte e oito anos sentiu a solidão pela primeira vez. Aos trinta decidiu que estava farta de fingir e embarcou numa viagem que mudaria para sempre a sua vida. 

(Imagem aqui)

 

 

 

9 comentários

Comentar post