Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Há mar em mim

Este é um blog onde cabe um pouco de tudo. Imenso como o mar. Haverá opiniões, ideias, fotografias, textos rabiscados, será uma extensão de mim. Se chegou até aqui, detenha-se e sinta-se bem-vind@.

Há mar em mim

Este é um blog onde cabe um pouco de tudo. Imenso como o mar. Haverá opiniões, ideias, fotografias, textos rabiscados, será uma extensão de mim. Se chegou até aqui, detenha-se e sinta-se bem-vind@.

D.A.M.A., tasse?

Estes D.A.M.A. quando apareceram fizeram-me recuar aos finais dos anos 90, pois achei-os semelhantes aos finados Excesso ou D'Arrasar, quer na falta de conteúdo das suas letras musicais, quer no aspeto de "somos muita bons e por onde passamos as miúdas não nos resistem".

Infelizmente, para mim, a rádio que oiço maioritariamente (a Comercial) gosta de lhes dar tempo de antena e quando eles aparecem lá vou eu dar um salto à M80 e ouvir um pouco a Vanda Miranda. "Quem está mal que se mude", diz o povo sabiamente e é isso mesmo que eu faço.

À parte dos meus gostos, a verdade é que este grupo tem tido sucesso a nível nacional e já tem um número considerável de pessoas que segue o trabalho que fazem, pessoas essas que são, na sua maioria (arrisco eu nesta aposta), jovens em idade escolar.

E há algo que eu acho e que pode estar relacionado com aquilo que faço, mas que para mim é fulcral. Considero que quem consegue chegar aos jovens tem uma responsabilidade acrescida, pois eles estão em idade de fortes aprendizagens e são mais suscetíveis a influências externas, portanto, dever-se-á ter um cuidado acrescido naquilo que é tornado público, sobretudo, mas redes sociais que têm um alcance enorme e rápido.

(Imagem aqui)

 Na minha opinião há uma enorme falta de humildade e também de inteligência na imagem acima. De humildade porque foram arrogantes na resposta e também no posterior pedido de desculpas. De inteligência porque, ao serem corrigidos e querendo responder, deveriam ter perdido um minuto das suas vidas para procurar a resposta correta.

"Subjuntivo"? Será que os rapazes estudaram castelhano? Aí sim, temos o modo Subjuntivo que corresponde ao nosso nacional Conjuntivo.

Já para não falar do resto... Tasse? Tá-se? Meninos e meninas, isto não é português, ok? Ambas as hipóteses estão incorretas e dão direito a perda de pontuação.

 

É caso para dizer... "Estudasses!"

(Imagem aqui)

22 comentários

Comentar post