Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

há mar em mim

Depois do glamour um banho de realidade...

Tal como vos havia confidenciado no final da semana passada, aproveitei estes dias para carregar baterias, relaxar, fazer atividades ao ar livre e namorar muito com o meu mais que tudo. Entre este meu plano de relaxamento e a tão falada noite de Óscares que passou e à qual estive atenta não li, nem vi muitas notícias, às vezes sinto que necessito de desligar do mundo para manter a sanidade mental.

E não é que assim que me procuro informar fico a saber que um fadista português decidiu partilhar com o mundo que é racista e homofóbico?! As redes sociais são ótimas, mas quando não existiam estas pessoas diziam disparates apenas no café da esquina a quem se dispunha a ouvi-las, hoje temos os seus pensamento propagados como uma praga.

Mais uma passagem de olhos pelas informações do dia e eis que embato numa notícia que me entristece profundamente e me dá vontade de desejar que o planeta terra seja colonizado por uns E.T. que tenham como missão espalhar a paz e o amor, qual misse universo, qual quê!

Em pleno ano 2017 continuam a ser recorrentes as notícias sobre escravatura. Podem ver aqui àquilo a que me refiro.

Como pode um ser humano achar-se superior a outro ao ponto do explorar. Como pode alguém ter coragem de usar crianças? Como é que é possível existir tanta riqueza neste nosso mundo e permitir-se que situações destas aconteçam?

Tantas perguntas e por mais respostas que se dessem nenhuma poderia justificar o injustificável. O ser humano é atroz. Capaz do pior. Preferia ter ido dormir na ignorância, pelo menos iria demorar menos a adormecer. Estes banhos de realidade fazem-me estremecer.

7 comentários

Comentar post