Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

há mar em mim

Estou quase lá... Mas não sei bem onde.

Afinal os 30 também trazem interrogações, indecisões e muitas reflexões.

Estamos mais experientes, sem dúvida, temos mais certezas acerca de tanta coisa, mas existem muitas outras que nos escapam.

Começo a convencer-me de que cada idade tem as suas próprias batalhas e com o recurso a esta palavra não me estou a referi a algo negativo, porque travar batalhas ajuda-nos a crescer, a compreender ou pelo menos a saber por onde não queremos ir.

Os 30 dão-nos algumas certezas e puxam-nos o tapete sobre mil e um outros assuntos. O que é bom, porque se a vida fosse completamente linear com toda a certeza que facilmente nos cansaríamos dela.

Muitas vezes tenho dúvidas, é verdade. Dúvidas sobre tantas questões. Hoje posso pensar de uma forma e amanhã já achar que é um perfeito disparate. Não há qualquer problema. Faz parte do processo evolutivo.

(Imagem aqui)

 

Que tenhamos sempre interrogações. Que tenhamos sempre vontade de procurar respostas. Que tenhamos sempre vontade de nos surpreender. Que tenhamos sempre vontade de seguir em frente. Que tenhamos sempre um motivo. E que tenhamos sempre capacidade para sorrir à vida.

 

 

22 comentários

Comentar post

Pág. 1/2