Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Há mar em mim

Este é um blog onde cabe um pouco de tudo. Imenso como o mar. Haverá opiniões, ideias, fotografias, textos rabiscados, será uma extensão de mim. Se chegou até aqui, detenha-se e sinta-se bem-vind@.

Há mar em mim

Este é um blog onde cabe um pouco de tudo. Imenso como o mar. Haverá opiniões, ideias, fotografias, textos rabiscados, será uma extensão de mim. Se chegou até aqui, detenha-se e sinta-se bem-vind@.

Finalmente, vi o Moonlight

Foi ontem. Vi e gostei.

É um filme difícil de digerir. Mostra realidades duras, eu diria mesmo cruéis.

Compreendo porque ganhou o Óscar de melhor filme e, agora, quando penso nisso lamento realmente o que se passou, porque se tudo tivesse corrido como é normal, de certeza que o discurso deste filme vencedor seria impactante, sobretudo nesta América de Trump.

O filme é cru, mostra-nos vivências que poderiam ser reais, mas que não queremos acreditar que elas existem, porque é difícil conceber que vivemos num mundo tão intolerante.

É um filme que deve ser visto por todos. Para refletirmos. Para pensarmos para onde caminha a nossa sociedade.

Contudo, tenho de vos confessar que se o Óscar tivesse sido, realmente, entregue ao La, La, Land também não me espantava nada.

 

 (imagem aqui)

6 comentários

Comentar post