Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

há mar em mim

Fugiram de Casa de Seus Pais, na RTP1

Fugiram de Casa de Seus Pais é o mais recente projeto de Bruno Nogueira que se une a Miguel Esteves Cardoso numa conversa informal.

(Imagem aqui)

Deparei-me com este programa ontem, por acaso, quando fazia zapping e como são duas personalidades que admiro puxei a conversa para trás, dado que já ia a meio, e fiquei a assistir. Em boa hora o fiz. 

Ficamos com a sensação que estamos a assistir a uma conversa entre amigos, que às fazes poderá parecer absurda, mas que é sempre divertida. Bruno e Miguel falam de "temas", sem guião, e não têm qualquer receio em abordar assuntos que, à primeira vista, possam parecer completamente desprovidos de interesse, sobretudo, se pensarmos que estão a ser abordados na televisão. 

A conversa vai-se desenrolando numa sala, da casa de Miguel Esteves Cardoso, e a certa altura aparece um convidado, sem qualquer anúncio prévio, que se introduz naturalmente no tema que esteja a ser falado. Sem preâmbulos ou agradecimentos.

No primeiro programa que vi, que era o 4.º a ser transmitido pela RTP, a convidada era Capicua, que se entrosou bastante bem com os dois anfitriões. 

Quando o programa terminou estava rendida ao formato e fui ao YouTube ver se estavam por lá os três primeiros programas. E estavam! Os convidados foram, por esta ordem, Gisela João, Nuno Markl e Rodrigo Guedes de Carvalho.

Dos quatro convidados, o que menos gostei foi Gisela João, que foi lamentar-se junto de Bruno Nogueira e Miguel E. Cardoso sobre o facto de estar solteira, os homens não a convidarem para sair ou não ter um homem no sofá para alimentar com os seus cozinhados. Achei a posição da fadista pouco interessante e com ideias, aqui e ali, algo machistas. 

Quantos aos outros convidados, gostei muito de vê-los, mas na minha opinião o programa nem precisava de uma terceira pessoa, pois Bruno e Miguel são capazes de produzir diálogos suficientemente criativos e atrativos para captarem a nossa atenção e nos fazerem soltar uma gargalhada de vez em quando. 

 (Imagem aqui)

Se tiverem oportunidade vejam, garanto-vos que valerá o tempo despendido. 

 

22 comentários

Comentar post