Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Há mar em mim

Este é um blog onde cabe um pouco de tudo. Imenso como o mar. Haverá opiniões, ideias, fotografias, textos rabiscados, será uma extensão de mim. Se chegou até aqui, detenha-se e sinta-se bem-vind@.

Há mar em mim

Este é um blog onde cabe um pouco de tudo. Imenso como o mar. Haverá opiniões, ideias, fotografias, textos rabiscados, será uma extensão de mim. Se chegou até aqui, detenha-se e sinta-se bem-vind@.

Vou revelar algo que a maioria é capaz de não gostar...

Preparados? De certeza? Sei que há pessoas que se irão sentir muito melindradas depois de ler isto. Mas é algo que eu não posso continuar a guardar só para mim.

Cá vai... Os fãs que me perdoem, desde já.

Eu NÃO gosto da Primark. É verdade. Na cidade onde vivo há uma loja gigante desta marca, desconfio (pelo fluxo de sacos que vejo circular no centro comercial) que é a loja que mais vende cá no sítio, no entanto, eu não gosto.

"Oh C.S., estás agora com essas coisas, mas de certeza que já compraste lá trapitos." Já sim, é verdade, é inegável, não posso mentir. Comprei meias, peúgas ou o que lhe quiserem chamar (que me duraram duas a três utilizações, juro, é verdade!) e um pijama, que após a primeira lavagem ficou tão torto, mas tão torto que nunca chegou a ser vestido.

O problema é meu, não será necessariamente da loja. Eu sou esquisita como o raio com tudo o que é cheiros e a Primark cheira-me a loja da China, que é como quem diz a plásticos e, às vezes, a plásticos queimados.

Depois, a Primark parece-me uma enorme feira, o que não seria propriamente mau, uma vez que eu gosto de feiras. O problema é que a dita loja só se assemelha a uma feira nas coisas más, ou seja, na confusão, desarrumação e sede desenfreada que os seus compradores têm por todas as peças de roupa. Falta-lhe o encanto das barraquinhas de artesanato, os comes e bebes e os carrinhos de choque.

Enfim... Desculpem se feri os sentimentos de alguém, como disse o problema é meu, que sou incapaz de encontrar por lá peças de roupa que me atraiam. Mas às vezes até vejo alguém com uma blusa que acho muito gira, teço o devido elogio e a resposta é "comprei na Primark". E eu penso, caramba C.S., és mesmo incompetente.

E é isto...

 

 

18 comentários

Comentar post