Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

há mar em mim

há mar em mim

"Toto-Então" - Uma bela ideia de Ricardo Araújo Pereira

04.04.17 | C.S.

Creio que já aqui me confessei fã do trabalho de Ricardo Araújo Pereira, se não o fiz ou se me leem pela primeira vez ficam desde já a saber que aprecio muitíssimo o seu trabalho. Não só porque é um dos melhores humoristas portugueses, não só porque me faz rir até chorar, não só porque escreve muito bem, não só porque domina a gramática portuguesa, não só porque tem uma cultura geral extraordinária, mas sim por todos estes fatores juntos.

Falar da língua portuguesa e dos seus usos deve ser um dos seus temas preferidos e há pormenores que não lhe escapam, é como se ele fizesse um raio-x ao que se vai dizendo e escrevendo por este país fora. Por isso, aconselho-vos vivamente a ler a sua última crónica da revista Visão e a constatarem se não tenho razão.

Vão acabar por concordar comigo e achar que o "Toto-Então" tem tudo para poder destronar o euromilhões ou as raspadinhas.

 

(Imagem aqui)

 

 

Isto há com cada uma...

04.04.17 | C.S.

Ontem, ao final da tarde, tive de ir a uma consulta mostrar uns exames, (estou bem, não se preocupem, nada que umas sessõzinhas de fisioterapia não resolvam...). Até aqui tudo certo, tudo normal.

Estava eu na chata tarefa da espera, olhando para o meu telemóvel, admirando as últimas do Instagram, quando alguém se aproxima de mim e me diz: "desculpe incomodar, será que me pode tirar umas fotos?". E eu levantei os olhos, vi uma senhora sorridente e lá verbalizei a palavra "claro" ao mesmo tempo que pensava: C.S., mas tu não ias ao hospital? Onde raio é que tu entraste?.

A primeira foto ficou totalmente desfocada, porque eu estava a processar informação, a tentar não deixar cair dois telemóveis (o meu e o da senhora), nem a minha mala. E a modelo lá ia dizendo "tire mais que uma, eu depois escolho", enquanto mudava de pose. Tirei umas quatro ou cinco, reparei que realmente estava no hospital, não me tinha enganado, porque o cenário que a senhora escolheu como fundo para a sessão foi uma porta branca, com um extintor ao lado, que dizia: "sala de enfermagem". Concluída a tarefa que me foi pedida, devolvi o telemóvel à sua dona, que me agradeceu novamente e foi feliz à sua vida.

Entretanto, ouço "senha k0050", era a minha e lá vou até ao balcão onde encontro duas raparigas mortas de riso que tinham estado a assistir à minha curta vida como profissional da fotografia e uma delas não se aguentou e lá disse: "isto há com cada uma" e eu fiquei a pensar que só há dois motivos para ela querer tirar fotos no hospital. Ou acabou de saber que estava grávida e quis ficar com recordação do momento ou conseguiu um emprego novo no hospital, de qualquer forma mais valia ter tirado foto no exterior, pois mesmo sendo um parque de estacionamento o céu estava de um azul lindíssimo.

 

 (Imagem aqui)

 

 

8. Coisinhas que me irritam

03.04.17 | C.S.

Obras na estrada!

Isto é uma irritação, é ao mesmo tempo uma frustração e um desabafo. A estrada que eu percorro todos os dias para ir trabalhar, (da qual já vos falei aqui), está em obras, deixem cá ver como vos digo isto, há anos. Sim, uns dias mais, outros dias menos, mas esta obra, nesta estrada nacional, é um problema crónico.

Tenho a sensação de que estas situações em Portugal se arrastam e se repetem com demasiada frequência. Já me aconteceu estar em Espanha, numa das cidades mais movimentadas, terem que abrir um buraco enorme para reparar qualquer coisa e a obra durou pouco mais de meia dúzia de horas.

Enfim...

São muitos km de para/arranca, muitas horas perdidas e o cansaço a acumular-se.

 

(Imagem aqui)

Memórias da infância

03.04.17 | C.S.

Anda por aqui alguém que tenha dividido a infância entre as décadas de 80/90? Sim?

Então convido-vos a embarcar comigo numa espécie de regresso ao passado através de imagens. Que me dizem?

(O meu objetivo secreto, por detrás deste post, é fazer-vos começar a semana a sorrir).

 

(Todas as imagens retiradas da internet)

 

Conseguem identificar algumas destas imagens?

Posso garantir-vos que tudo o que está por aqui contribuiu para que a minha infância fosse mais cheia e alegre.

Resta-me confessar que o que motivou este post foi o facto de ter passado o fim de semana com a minha sobrinha, que tem seis aninhos e é a miúda mais esperta que eu já conheci. Para além disso é carinhosa e tem um sentido de humor fantástico. Podem imaginar que o fim de semana foi repleto de risos, brincadeiras, gargalhadas, abraços e beijinhos, não é? Tãooo bom!!!

10. Coisas maravilhosas que o meu (pouco) dinheiro não pode pagar

02.04.17 | C.S.

Segundo dia de abril. Primeiro domingo do mês.

Como foi a semana que passou? Espero que vos tenha proporcionado bons momentos.

Já sabem que aos domingos vos trago coisinhas lindas, que abrilhantam ainda mais o vosso fim de semana. (Pelo menos é o que eu tento fazer...)

 

Desejo n.º 1: Sandálias Dolce&Gabbana

dolce.jpg

dolce1.jpg

 

 

Desejo n.º 2: Volvo V40

Não me perguntem porquê, não consigo explicar, mas acho este carro lindíssimo.

Volvo-V40.jpg

 

Desejo n.º 3: Mala Chanel

chanel_s_gabrielle-sheet.png.fashionImg.hi.png

 Espero que tenham gostado da minha companhia neste domingo. Se querem ver ou rever as sugestões da semana passada vão aqui.

 

Pág. 8/8