Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

há mar em mim

há mar em mim

12. Coisas parvas (que eu penso)

06.12.17 | C.S.

No fim-de-semana vi um vídeo no YouTube onde a cantora Pink assistia a covers, de músicas suas, feitos por pessoas comuns. E havia uma rapariga que tinha uma voz espetacular e sobre a qual a própria Pink disse algo assim: "Ela é melhor do que eu alguma vez fui". 

E eu pergunto-me: quantas pessoas comuns haverá por aí tão melhores que outros que tiveram e têm o seu momento de destaque e o devido reconhecimento, mas que nunca passarão da sombra?!

E não me refiro só ao mundo da música, nem a profissões que conduzem à fama... 

 

Já pensaram nisto?

 

(Esta reflexão não é para ser interpretada, de forma alguma, como pessoal. É que, resumidamente, eu sou um zero à esquerda.)

 

(Imagem aqui)

 

 

 

Tenham um ótimo dia!

 

 

 

500

05.12.17 | C.S.

Este é o post 500 do Há mar em mim. 500.

Isto significa que em menos de um ano eu me dirigi 500 vezes a vocês.

Através de imagens ou palavras, eu tive 500 assuntos diferentes para aqui deixar.

Mais palavras. Sem dúvida.

E penso agora que há onze meses atrás eu calava muita coisa, não que eu não tenha com quem falar ou até desabafar, porque felizmente tenho sempre quem me ouça, mas digo-o no sentido em que esta escrita que aqui faço agora, com regularidade, se tornou já um hábito e, também, um género de terapia. Se eu for mais longe e recuar ao início vejo, claramente, que o Há mar em mim nasceu de algo menos bom, para se transformar em algo de que gosto muito. Algo meu.

Este cantinho que aqui tenho construído com a vossa ajuda tem-me proporcionado muitos sorrisos e só por isso ele valeria a pena. Mas, como se não bastasse, ele tem-me dado a oportunidade de descobrir pessoas fantásticas, com as quais, de outra forma não teria contacto e isso seria realmente uma pena. 

Obrigada por estarem aqui comigo.

Obrigada pelas partilhas que fazemos.

Obrigada por fazerem parte deste meu mar

 

IMG_20171123_065109_159.jpg

 

 

 

 

Comédias românticas e outras coisas

04.12.17 | C.S.

A minha família não era dada aos livros. (Nesta área eu saí totalmente ao lado.)

Mas na minha casa viam-se filmes. Pelo menos dois ou três por fim-de-semana.

Era o nosso momento em família. 

Eu gostava sempre de ir ao videoclube com o meu pai, às sextas-feiras, e um dos filmes que levávamos para casa era quase sempre escolhido por mim.

Cresci com o Tom Hanks, a Julia Roberts, o Robert De Niro, o Leonardo DiCaprio, a Meg Ryan...

Todos eles me ensinaram alguma coisa. Todos eles deixaram em mim a vontade de conhecer novos lugares.

Tenho a certeza que foram as tardadas cinematográficas dos anos 90 que fizeram de mim uma romântica incondicional. 

É por isso que hoje vos deixo aqui o meu top 10 de filmes românticos, até porque o Natal aproxima-se a passos largos e é tempo de juntar a família. Quem sabe se não se juntam para (re)ver um destes "clássicos"...

 

10.º 

youve-got-mail-poster.jpg

 9.º

250px-10_Things_I_Hate_About_You.jpg

 8.º

010271_big.jpg

 7.º 

pretty-woman.jpg

 6.º

21010005_2013060320584057.jpg

 5.º

582823.jpg

 4.º

MV5BMTE5OTkwYzYtNDhlNC00MzljLTk1YTktY2IxZjliZmNjMj

 3.º

Titanic_poster.jpg

2.º

200px-My_Best_Friends_Wedding.jpg

1.º

Dirty_Dancing.jpg

(Todas as imagens retiradas daqui)

 

Não duvidem, se eu não tivesse visto estes filmes e tantos, tantos outros, eu não seria a pessoa que sou hoje. Seria outra coisa qualquer. Mas seria diferente.

Quanto aos filmes que integram os três primeiros lugares, tenho alguma vergonha em admitir quantas vezes já os terei visto, mas não duvidem de que foram muitas. 

 

 

 

 

A Cátia no Delito de Opinião

01.12.17 | C.S.

Foi com surpresa e felicidade que recebi o convite de Pedro Correia, um dos ilustres autores do blog Delito de Opinião. Li o e-mail duas vezes e depois assolou-me a preocupação do tema sobre o qual iria escrever. Foi-me dada carta branca e eu queria falar de algo com sentido e significado, pelo menos para mim. 

Aproveitei para falar sobre Solidariedade Feminina ou a falta dela. Vão até lá e leiam a minha opinião, comentem se vos apetecer. Obrigada por andarem por aqui.

 

E um enorme obrigada ao Pedro pela oportunidade. 

 

Bom feriado e bom fim-de-semana. 

 

 

 

Pág. 4/4