Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

há mar em mim

há mar em mim

O que mais me comove no mundo

20.03.18 | C.S. | ver comentários (22)
O que mais me comove no mundo é o amor. Em todas as suas formas.  Por mais ingénuo e banal que possa ser este pensamento, é genuíno.  O amor não se gasta.  É absolutamente intemporal. Pensem nos romances que sobre ele já se escreveram. Nos filmes que o retrataram.  (...)

Para mim, o Natal começa hoje!

22.11.17 | C.S. | ver comentários (32)
Para uns o Natal já começou. Por esta altura já muita gente foi buscar a sua árvore e tratou de enfeitá-la. Há gente que já tem presentes embrulhados e tudo, que eu bem os vejo quando vou às compras, numa luta louca com o papel e a fita-cola naquelas bancadas DIY.  Outro (...)

Adivinha de final de semana

07.07.17 | C.S. | ver comentários (14)
Quem é que se mete num autocarro apinhado de gente, durante três horas, para ir a uma festa de finalistas...do pré-escolar?  Eu, claro! E tudo por causa desta miúda irresistível...    A minha B. Isto aconteceu: B: Tia, tenho muito boas notícias para ti. Eu: Ah (...)

Feliz dia da Criança!

01.06.17 | C.S. | ver comentários (14)
      Tem os olhos grandes e neles apresenta-nos todo o entusiasmo do mundo. Dá beijinhos que sabem a gelado de chocolate e abraços bem apertados quando lhe chega a vontade. Do alto dos seus seis anos já tem mais vocabulário que muitos adultos. Não gosta de (...)

As famílias nunca são perfeitas

16.05.17 | C.S. | ver comentários (10)
As famílias nunca são perfeitas. Mas são unidas. Algumas podem ser distantes e, ainda assim, tão presentes. Outras partilham as mesmas paredes, mas são sempre desencontradas.   A minha família não é perfeita, mas é a minha. Aquela que me pertence e eu não a (...)

O que é para vocês o amor?

03.05.17 | C.S. | ver comentários (6)
Vamos começar esta quarta feira a pensar em coisas fofinhas?   Para mim o amor é simples, desde que seja correspondido e alimentado. O amor é um sorriso, um abraço apertado e uma troca de olhares. O amor são aquelas pequenas tarefas rotineiras que fazemos juntos e (...)