Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

há mar em mim

24
Out20

Será isto uma carta de amor?!

C.S.

Não faço ideia daquilo que aqui venho fazer. Mas hoje senti que o meu corpo me impelia a escrever. 

Há meses que não pego no blog. Desde maio que não há posts novos. Desde julho que não abria sequer esta página. Sinto que nada mudou e, no entanto, tudo está diferente. E hoje os meus dedos queriam pressionar as teclas do computador e é nisso que estou, a satisfazer uma vontade quase física. É possível que sintamos fisicamente a necessidade de escrever? Julgo que sim. 

E sendo sincera convosco, não consigo deixar de sentir-me ridícula. Por voltar aqui. Porque parece que este espaço já não faz qualquer sentido, porque a pessoa que o iniciou já não é a mesma, e ainda bem. Porque na maior parte do tempo sinto que não há nada que eu possa ter a dizer que valha a pena ficar escrito. Mas ainda nunca consegui chegar aqui e apagar esta espécie de diário. Um click e puff! fechado para sempre. Uma memória apenas. Por isso abandono-o aos poucos, deixo-o a ganhar pó. Até que a escrita me traz aqui de novo. A escrita que é quase terapia. A escrita que durante o pior momento da quarentena me salvou, não a digital, a de sempre, de caderno e bic, um diário que mantive só para mim.  Se a escrita fosse um homem eu diria que mantemos uma relação dessas mesmo complicadas, dessas que nos cortam a respiração e nos toldam os sentidos, que não são inteiramente saudáveis, mas às quais não conseguimos resistir. 

Porra! Será isto uma carta de amor às palavras que não consigo escrever?!

(Imagem aqui)

09
Jan20

O há mar em mim faz 3 anos!

C.S.

1...

2...

3!

(Imagem aqui)

 

E faz hoje 3 anos que eu escrevi o primeiro post no há mar em mim. E, ainda que neste último ano não tenha sido muito consistente na minha vinda cá, não queria deixar de assinalar a data. 

Este espaço é um lugar feliz. Desde o seu início. Compreendo-o agora. 

Criei-o para isso. Porque escrever faz-me mais feliz.

Obrigada a quem anda desse lado. 

Obrigada por virem cá e por acharem que aquilo que escrevo merece uns minutos da vossa atenção e do vosso tempo, esse bem tão precioso. 

10
Jan19

#2 Traçados dos dias

C.S.

Olá! Olá!

 

Hoje estou de coração cheio pelo imenso carinho que ontem recebi. Ter um blog é mesmo incrível! Mesmo que seja um blog como o meu, que não chega a tanta gente assim, mas o facto de chegar a alguém que não seja nós mesmos já é louvável. Eu, pelo menos, acho que é e tenho imenso carinho por quem cá passa.

Sabermos que as palavras que escrevemos são lidas por outras pessoas e que até são apreciadas, é algo de extraordinário. É algo que me dá uma satisfação imensa. 

Este blog está vivo. Eu sinto-me cheia de vida e com vontade de mudar alguma rotinas. Quero tornar a minha vida melhor ainda.

Como diz o grandioso Antonio Machado:

Caminante, no hay camino, 

Se hace camino al andar.

 

Caminhemos, então, juntos. 

(Imagem aqui)

Tenham um ótimo dia.

E não se esqueçam que também me encontram no Instagram

08
Jan19

Que pequenos nadas vos fazem felizes?

C.S.

Hoje ouvi na Rádio Comercial, logo pela manhã, que é dia da alegria. Não sei se o é realmente, mas sendo o mês de janeiro um dos meses que, comprovadamente, mais deprime a população, decidi vir partilhar convosco os pequenos GRANDES prazeres que me fazem mais feliz. É uma tentativa de colocar em perspetiva o que nos faz bem. 

 

Cá vão eles (sem uma ordem específica):

- Abraçar (é tão bom um abraço apertado!);

- Beijar;

- Viajar;

- As cumplicidades com a minha sobrinha;

- Uma jantarada com a família e/ou amigos;

- Ouvir uma música de que gosto muito;

- Deitar-me em lençóis lavados;

- Entrar no mar;

- Rir muito;

- Ler um livro;

- Comprar livros;

- Comprar uma peça de roupa ou um par de sapatos ou uma mala;

- Escrever;

- Tirar fotos;

- Ter a casa arrumada;

- Ver filmes/séries;

- Marcar uma viagem;

- Perfumar-me;

- Cheirar o mar.

 

E acho que é isto. E a lista foi mais fácil de fazer do que pensei. 

Não é difícil ser feliz. Temos é de trabalhar na nossa felicidade diariamente.

(Imagem aqui)

 

E a vocês? O que vos traz alegria? 

Experimentem fazer este exercício, é ótimo. Se o fizerem, avisem-me (usem a tag: vamos ser felizes). 

Beijinhos

 

07
Jan19

#1 Traçados dos dias

C.S.

Este ano letivo, não o civil, ando com pouco tempo para o blog. Tenho muitas turmas, cerca de 160 alunos. Estou a trabalhar a alguns km de casa. É muito. É exigente. E deixa-me pouca margem.

É esta a minha realidade e decidi não a negar mais. Assim, nasceu em mim a ideia de vir cá deixar posts mais pequenos. Isto porque não quero encerrar o blog. O há mar em mim está quase a fazer 2 anos e não estou pronta para me despedir dele.

Surge, assim, uma espécie de rubrica de ideias soltas. Uma forma de eu poder escrever rapidamente, num intervalo, até mesmo através smartphone (tivesse eu o samsung galaxy note 9, com aquela canetinha e logo viam...). Vão ser traçados dos dias. Dos meus dias. Para vocês. 

 

(Imagem aqui)

03
Jul18

Este blog que é totalmente dispensável...

C.S.

A medida do tempo é aquela que nós queremos. 

Ou a que percecionamos. 

Quase um mês pode ser muito pouco.

Quase um mês pode ser uma eternidade. 

 

Há quase um mês que não tem havido mar em mim. 

Tem-me escapado por entre os dedos. 

O cansaço acumulado tem-me entorpecido as ideias e ampliado a preguiça de aqui vir. 

Os dias têm-se passado. 

Umas vezes com mais para contar que outras. Mas maioritariamente tenho sentido que este blog é dispensável. 

Talvez ainda não para mim. Mas é. E, no entanto, ontem tive 42 visualizações. Quase um mês depois de inatividade ainda há quem passe por cá. 

E duas pessoas já me perguntaram quando volto. E se volto. 

 

E quase um mês volvido, eu sinto que não consigo dizer adeus. Nem sequer um até já. 

O mar que há em mim é, neste momento, um pequenino rio. Mas ainda flui. 

Não me parece que seja desta que seque...

 

Até...

 

InstagramCapture_0a60f0ec-29bf-4149-b160-cac7e9268

 

 

03
Fev18

#7 Banalidades

C.S.

- Poderão já ter lido por aqui, por duas vezes ou mais, que andei a tentar seguir a dieta Paleo. Acontece que não obtive quaisquer resultados. Nada. Zero. E durante esta última semana deparei-me, uma vez mais, com artigo que diz que a dieta Paleo não é a melhor, que o glúten, desde que não se seja intolerante a ele, não é nenhum bicho-papão, etc.

Resultado? Sentia-me cada vez mais confusa, por isso marquei uma consulta de nutrição. Foi ontem. Depois de medida e pesada a nutricionista disse-me que a dieta Paleo não é uma boa opção para mim. Fez-me um plano, (que me parece bastante razoável), e marcámos encontro para daqui a um mês. Veremos como as coisas evoluem...

 

- Esta semana, na quinta-feira para ser mais precisa, retomei algo que já fiz e que gostava de fazer: treino funcional. Escusado será dizer que ando com os músculos todos moídos, mas creio que é mais um passo para conseguir baixar o meu peso. Além de que me está a fazer mesmo falta mexer e tornar isso uma rotina. Wish me luck. 

 

- A partir de amanhã, os domingos passam a ser dias de 5 coisas boas por semana, um desafio lançado pela Fátima e ao qual eu decidi aderir. Julgo que vai ser giro procurar sempre uma coisas boa em cada dia da semana e ao registá-lo no blog servirá para memória futura. Afinal o blog é uma espécie de diário, não é? 

 

Beijinhos e feliz sábado!

02
Jan18

O há mar em mim vai fazer um ano...

C.S.

...e eu vou comemorar convosco! 

 

 (Imagem aqui)

No dia 9 de janeiro o há mar em mim cumprirá um ano de existência.

Este blogue tem sido muito mais que um passatempo e a culpa disso é também vossa. Porque me acompanham a cada dia e têm a bondade de vir aqui ler o que a mim me apetece escrever/publicar, sim, porque já aconteceu ser só uma foto, por exemplo. 

 

Por isso, tinha vontade de vos agradecer e não sabia bem como...

 

Até que se fez luz! 

 

Tive uma ideia que creio ser divertida, tanto para mim, como para vocês. E julgo que é simples. 

 

Vamos lá...

 

Quem é mais assíduo deste espacinho sabe que eu gosto de fotografias, certo? Vai daí que vou fazer uma espécie de concurso... 

Não se assustem é coisa simples. 

Até ao dia 8 podem (e devem!) enviar-me uma foto que acham que serve para comemorar este 1.º aniversário do há mar em mim para o mail:

hamaremmim@gmail.com 

Eu irei ver as fotos e escolher a que mais gosto e se adequa ao desafio. E no dia 9, às 10h, o vencedor será anúnciado aqui no blog e irá receber em casa estes dois miminhos.

 

Fotor_151473147345330.jpg

 Escolhidos com muito carinho: uma bolsa para os óculos de sol e uma luz usb, para vos ajudar a ter ideias brilhantes.

 

Também publicarei todas as fotos, com indicação do respetivo autor, no blog. 

 

 

Que tal?

Vamos lá celebrar juntos!

 

P.S.: Sintam-se à vontade para divulgar o desafio, sim?  Obrigada!

28
Dez17

2017

C.S.

2017 foi um ano bom. 

Não houve surpresas más a nível de saúde, daquelas que nos pregam valentes sustos. Eu estou bem e a família está bem. É o que se quer. Que continue assim. 

Fui a Lanzarote e à Madeira. 

Não li tanto quanto queria. Nem fiz atividade física como queria. Tenho de melhorar este ponto, tenho sempre de melhorar este ponto. 

Celebrei 10 anos com o A., 2 de casamento.

Vi filmes de que gostei.

Não li tanto quanto queria. 

Fiz fisioterapia ao tornozelo. 

Estive com os amigos algumas vezes, mas não tantas como gostaríamos. 

Comecei a dizer mais aquilo que me apetece e aquilo que me chateia. 

Consegui trabalhar mais um ano como professora. Mas sinto sempre a corda ao pescoço. 

Queria ter viajado mais. Quero sempre.

Fiz uma surpresa à minha B..

Conheci pessoas novas. Algumas que ficarão, outras não. É mesmo assim. 

E comecei um blog. Um blog que se tornou parte importante dos meus dias. Um blog que me permite estar convosco. 

Obrigada por tornarem o meu 2017 mais rico.

Espero que 2018 nos traga a capacidade para enfrentar os nossos desafios pessoais e novos sonhos. 

(Imagem aqui)

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Direitos de Autor

Todos os textos contidos neste blog, regra geral, são da minha autoria e, caso não sejam, serão devidamente identificados. Qualquer reprodução de um texto aqui publicado só poderá ser feita mediante a minha autorização. Para qualquer contacto ou esclarecimento adicional: hamaremmim@gmail.com Obrigada

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D