Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

há mar em mim

05
Jun18

A dormência dos dias

C.S.

Os dias sucedem-se e nós sucedemo-nos com eles.

Felizmente.

A vida passa e nós procuramos acompanhá-la. Às vezes superá-la.

Os dias entorpecem-nos os sentidos,

mas há sempre minutos em que conseguimos parar, respirar, apreciar.

Ultrapassar a monotonia. 

Correndo atrás de um pôr-do-sol.

Rindo até nos doerem os músculos.

Prolongando jantaradas.

Abraçando de forma apertada. 

Desfrutando.

Das pessoas.

Dos lugares.

Dos cheiros e sabores. 

Do que sentimos. Inteira e verdadeiramente. 

A vida é feita de tudo, mas também de nada. 

De pequenos nadas, que se transformam. 

Que nos transformam. 

Os dias sucedem-se, mas não nos deixam iguais. 

Somos sempre mais. 

Mais um pouco do que fomos há instantes atrás. Menos um pouco do que seremos.

Avancemos!

 

(Imagem aqui)

9 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Direitos de Autor

Todos os textos contidos neste blog, regra geral, são da minha autoria e, caso não sejam, serão devidamente identificados. Qualquer reprodução de um texto aqui publicado só poderá ser feita mediante a minha autorização. Para qualquer contacto ou esclarecimento adicional: hamaremmim@gmail.com Obrigada

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D