Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

há mar em mim

há mar em mim

A minha carta ao Pai Natal

04.12.18 | C.S.

 

(Imagem aqui)

Querido Pai Natal,

 

espero que estejas bem aí pelo Pólo Norte. Os duendes estão a fazer bem o seu trabalho? Tu controla bem isso, homem, porque se falha uma prenda és capaz de ter uma contestação superior à dos coletes amarelos. 

 

Como está o Pólo? Já derreteu muito? Uma vez que vives aí, não deverias, nos primeiros seis meses de cada ano civil, (nos outros não, que estás ocupado com as prendas! A malta compreende.), arregaçar as mangas e, juntamente com uma trupe de duendes, a mãe Natal e os vossos filhinhos, tratar de arranjar uma solução para isso? Ou pelo menos marcar uma reunião com o Trump de modo a que lhe possas dar um valente puxão de orelhas, ameaçá-lo com todos os fantasmas de Natais que tenhas à mão, para ver se, de uma vez por todas, o senhor se convence que o aquecimento global não é uma invenção. 

 

Quanto a Portugal, país onde eu vivo, queria pedir-te para varreres os corruptos. Todos! Não precisas de recorrer à violência, dá-lhes do mesmo produto que usas com as tuas renas para pô-las a voar. Mas dá-lhes a dose adequada para a viagem só de ida. Eles que fiquem em Vozrozhdeniya que, segundo a uma pesquisa no Google, é um dos locais mais inóspitos do nosso planeta. Não te peço para os enviares para o espaço porque não acho justo que os ET's tenham de levar com o nosso lixo. 

Se ainda te sobrar um bocadinho de tempo para este retângulo, será que podes enviar o Toy para um local igualmente inóspito? Mas escolhe outro. Os corruptos são corruptos, mas também não merecem ouvir o Toy para o resto da vida. 

 

Outra coisa... O teu saco vermelho armazena as prendas numa outra dimensão, certo? Achas que no final da tua grande tarefa anual podes armazenar nessa dimensão todo o plástico que temos neste momento nos oceanos? Ficar-te-ia imensamente agradecida. 

 

Ainda te posso fazer dois pedidos a pensar unicamente no meu umbigo? Devo poder... Afinal és famoso por ter um coração gigante. 

 

Cá vai... 

 

1.º Por favor, não permitas que matem o Jon Snow no final da Guerra dos Tronos. Não sei se sobreviveria a uma segunda morte do rapaz. E não vale ficar meio-morto e de olhos azuis!

 

2.º Preciso de um pijaminha quentinho, mas não de tecido polar que aquilo faz-me aflição. Escolhe um fofinho e com bonecos. Deixo ao teu critério. 

 

E é só! Espero que tenhas começado a tratar de tudo com antecedência e que não deixes as tarefas para a última hora, porque é um horror tratar das prendas de Natal em cima do joelho. 

 

Beijinhos da tua eterna fã,

C.S.

 

 

 

 

14 comentários

Comentar post