Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

há mar em mim

há mar em mim

Não há palavras...

23.05.17 | C.S.

Quando nos faltam as palavras,

trememos,

sentimos um arrepio que nos percorre o corpo todo. 

 

Quando nos faltam as palavras,

ficamos com cara de tolos

e os olhos aterrorizados.

 

Quando nos faltam as palavras,

aparece um nó na garganta

e um vazio insuportável na cabeça. 

 

Quando nos faltam as palavras,

o medo apodera-se de nós,

consome-nos e ficamos sem saber para onde ir.

 

Ainda há sítio para onde ir? 

 

 

Quando as vítimas são crianças que estão num local a concretizar um sonho, (ver um ídolo ao vivo), as palavras faltam sempre!   

2 comentários

  • Imagem de perfil

    C.S.

    23.05.17

    Todas as vítimas de terrorista são de lamentar, mesmo adultos, claro. Aqui fiz referência a um determinado grupo etário porque foi o alvo de ontem.
    Vivemos tempos assustadores.
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.