Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

há mar em mim

há mar em mim

O inferno aqui ao lado...

07.08.18 | C.S.

Monchique está a arder. Há dias que está a arder, mas cada dia parece uma semana. 

Todas as manhãs abro a janela e sinto que o inferno está aqui mesmo ao lado. Tenho a varanda cheia de cinza, o ar está pesado, o céu está cinzento. Quem me dera que fosse chuva, penso. Mas não é. É fumo que anda no ar e o cheiro não engana. 

O inferno anda aqui ao lado. Mas nós fazemos a nossa vida normal. Vou à praia com a família, mas a praia também é um cenário desolador. A água suja, toda ela coberta de cinza. 

Estamos de férias, mas não completamente felizes, porque ninguém é feliz quando se sinte ameaçado. E o inferno está aqui mesmo ao lado. Ao lado da minha casa, a consumir os locais que conheço.

"Tia vamos à água", pede a B. insistentemente, porque quando se tem sete anos não se vê a cinza, nem se sente o temor. E ainda bem. Não podia ser de outra forma. 

Vou com ela à água, mas a tristeza de um horizonte fumarento não me larga. 

O inferno anda aqui ao lado e eu só quero que ele vá embora. 

 

P_20180807_110451.jpg

 

28 comentários

Comentar post

Pág. 2/2