Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

há mar em mim

05
Abr18

Sobre a minha viagem à Escócia

C.S.

A Escócia era um dos países que eu queria muito conhecer. Sempre tive a ideia de uma Escócia verde, repleta de castelos, um sítio encantado, portanto. 

A viagem que eu fiz foi em trabalho. Uma visita de estudo de cinco dias. 

24h + 24h + 24h + 24h + 24h = 120 horas ininterruptas no papel de professora. Sei que se tivesse ido à Escócia em lazer teria visto tudo de outra forma, teria certamente tirado muitas mais fotografias, não me teria preocupado com o atravessar a estrada, com a contagem do número de pessoas à minha volta, com o barulho excessivo próprio da adolescência... 

Mas foi uma viagem boa. Enquanto visita de estudo superou as expectativas. 

P_20180307_104442.jpg

 

Nós visitámos a capital escocesa, Edimburgo, e fizemos uma excursão de um dia às Terras Altas para ver o Lago Ness. 

 

Edimburgo

Adorei a cidade. Edimburgo tem um carácter muito próprio, porque respeita o antigo, mas é, claramente, uma cidade jovem. Tem lojas e cafés que nos convidam a entrar e a ficar. E conseguimos percorrer a cidade a pé, sem grandes dificuldades.  

P_20180307_175855.jpg

 

Em Edimburgo visitámos:

 

- Mary King's Close 

É uma oportunidade para viajar no tempo e descobrir como era a vida na Escócia entre os séculos XVI e XIX. Não era uma vida fácil e por lá morreram muitas pessoas vítimas da terrível Peste Negra, mas não só. Este Close (beco) ficou soterrado, uma vez que se fizeram construções em cima dele. É incrível como se manteve intacto. 

Nós tivemos muita sorte com a guia que nos acompanhou, pois era incrivelmente expressiva e dotada de sentido de humor. 

 

- Câmara Obscura

Para os miúdos foi um dos pontos altos da visita. Eu também gostei bastante. É um local que nos oferece um mundo de ilusões: labirinto de espelhos, um túnel que nos pões a cabeça à roda, jogos e experiências... Um local muito divertido. 

 

- Castelo de Edimburgo

O castelo oferece-nos uma vista privilegiada da cidade e está imaculadamente conservado. À uma da tarde dá-se um dos pontos altos: um disparo de canhão. Não imaginam a quantidade de telemóveis que estavam apontados para este acontecimento. 

Para além de podermos ver as joias da coroa, fardas e tantas outras coisas, tem no seu interior um edifício dedicado aos que morreram nas 1.ª e 2.ª Guerras Mundiais e não ficamos indiferentes aos livros que se enchem de nomes e mais nomes... Um local que nos faz arrepiar um pouco e temer o ser humano. 

 

20180309093101_IMG_2117.JPG

 

- Museu Nacional da Escócia 

É um museu grande e impressionante, tem mais de 10000 objetos, entre eles: joias, obras de arte, armas, animais... E o que mais me impressionou: o relógio Millenium. Um relógio que foi construído para assinalar a passagem do séc. XX para o XXI. Tudo nele se move. É constituído por diabos e diabretes, seres assustadores que representam a decadência do mundo. 

 

- Tour Harry Potter

Há por aqui algum fã de Harry Potter? Se a resposta for afirmativa, certamente que sabem que a cidade de Edimgurgo está intimamente ligada ao mundo mágico de Hogwarts. J.K. Rowling viveu em Edimgurgo e diz-se que a cidade lhe serviu de inspiração para criar o seu mundo de fantasia: um cemitério, uma escola, um café... Podem visitar tudo isto. 

 

P_20180307_105140.jpg

 

As terras altas e o Lago Ness

Não, não vi o monstro. Mas vi paisagens maravilhosas no caminho até ao lago. Parámos em locais que já serviram de cenário a alguns êxitos de bilheteira, como o 007 - Skyfall. Que por acaso até foi um dos filmes do 007 que mais gostei, muito por culpa de Daniel Craig e do seu regresso à Escócia. 

São paisagens únicas, as montanhas estavam cobertas de neve e pudemos avistar algumas vaquinhas e alces. Incrível.

20180308112717_IMG_2043.JPG

P_20180308_141405.jpg

 

 

Mas acredito que este passeio feito no verão e com tempo para absorver a paisagem também será arrebatador. 

14 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Direitos de Autor

Todos os textos contidos neste blog, regra geral, são da minha autoria e, caso não sejam, serão devidamente identificados. Qualquer reprodução de um texto aqui publicado só poderá ser feita mediante a minha autorização. Para qualquer contacto ou esclarecimento adicional: hamaremmim@gmail.com Obrigada

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D