Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

há mar em mim

Sobre a minha viagem à Escócia

A Escócia era um dos países que eu queria muito conhecer. Sempre tive a ideia de uma Escócia verde, repleta de castelos, um sítio encantado, portanto. 

A viagem que eu fiz foi em trabalho. Uma visita de estudo de cinco dias. 

24h + 24h + 24h + 24h + 24h = 120 horas ininterruptas no papel de professora. Sei que se tivesse ido à Escócia em lazer teria visto tudo de outra forma, teria certamente tirado muitas mais fotografias, não me teria preocupado com o atravessar a estrada, com a contagem do número de pessoas à minha volta, com o barulho excessivo próprio da adolescência... 

Mas foi uma viagem boa. Enquanto visita de estudo superou as expectativas. 

P_20180307_104442.jpg

 

Nós visitámos a capital escocesa, Edimburgo, e fizemos uma excursão de um dia às Terras Altas para ver o Lago Ness. 

 

Edimburgo

Adorei a cidade. Edimburgo tem um carácter muito próprio, porque respeita o antigo, mas é, claramente, uma cidade jovem. Tem lojas e cafés que nos convidam a entrar e a ficar. E conseguimos percorrer a cidade a pé, sem grandes dificuldades.  

P_20180307_175855.jpg

 

Em Edimburgo visitámos:

 

- Mary King's Close 

É uma oportunidade para viajar no tempo e descobrir como era a vida na Escócia entre os séculos XVI e XIX. Não era uma vida fácil e por lá morreram muitas pessoas vítimas da terrível Peste Negra, mas não só. Este Close (beco) ficou soterrado, uma vez que se fizeram construções em cima dele. É incrível como se manteve intacto. 

Nós tivemos muita sorte com a guia que nos acompanhou, pois era incrivelmente expressiva e dotada de sentido de humor. 

 

- Câmara Obscura

Para os miúdos foi um dos pontos altos da visita. Eu também gostei bastante. É um local que nos oferece um mundo de ilusões: labirinto de espelhos, um túnel que nos pões a cabeça à roda, jogos e experiências... Um local muito divertido. 

 

- Castelo de Edimburgo

O castelo oferece-nos uma vista privilegiada da cidade e está imaculadamente conservado. À uma da tarde dá-se um dos pontos altos: um disparo de canhão. Não imaginam a quantidade de telemóveis que estavam apontados para este acontecimento. 

Para além de podermos ver as joias da coroa, fardas e tantas outras coisas, tem no seu interior um edifício dedicado aos que morreram nas 1.ª e 2.ª Guerras Mundiais e não ficamos indiferentes aos livros que se enchem de nomes e mais nomes... Um local que nos faz arrepiar um pouco e temer o ser humano. 

 

20180309093101_IMG_2117.JPG

 

- Museu Nacional da Escócia 

É um museu grande e impressionante, tem mais de 10000 objetos, entre eles: joias, obras de arte, armas, animais... E o que mais me impressionou: o relógio Millenium. Um relógio que foi construído para assinalar a passagem do séc. XX para o XXI. Tudo nele se move. É constituído por diabos e diabretes, seres assustadores que representam a decadência do mundo. 

 

- Tour Harry Potter

Há por aqui algum fã de Harry Potter? Se a resposta for afirmativa, certamente que sabem que a cidade de Edimgurgo está intimamente ligada ao mundo mágico de Hogwarts. J.K. Rowling viveu em Edimgurgo e diz-se que a cidade lhe serviu de inspiração para criar o seu mundo de fantasia: um cemitério, uma escola, um café... Podem visitar tudo isto. 

 

P_20180307_105140.jpg

 

As terras altas e o Lago Ness

Não, não vi o monstro. Mas vi paisagens maravilhosas no caminho até ao lago. Parámos em locais que já serviram de cenário a alguns êxitos de bilheteira, como o 007 - Skyfall. Que por acaso até foi um dos filmes do 007 que mais gostei, muito por culpa de Daniel Craig e do seu regresso à Escócia. 

São paisagens únicas, as montanhas estavam cobertas de neve e pudemos avistar algumas vaquinhas e alces. Incrível.

20180308112717_IMG_2043.JPG

P_20180308_141405.jpg

 

 

Mas acredito que este passeio feito no verão e com tempo para absorver a paisagem também será arrebatador. 

14 comentários

Comentar post