Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

há mar em mim

há mar em mim

Coisas em que acreditávamos na infância

14.11.18 | C.S. | ver comentários (7)
Bom dia!...Como estão? Hoje, nas Manhãs da Rádio Comercial, estavam a pedir para recordar coisas em que acreditávamos em crianças, aquelas coisas que só a inocência dos primeiros anos nos leva a acreditar, e eu fiquei com vontade de vir aqui partilhar este tema (...)

É o tempo que nos faz

12.11.18 | C.S. | ver comentários (12)
O tempo é, para mim, um dos grandes mistérios do universo. Não é palpável. Muitas vezes não o sentimos e, no entanto, se olharmos com atenção conseguimos vê-lo.Este fim-de-semana que passou vi O Tempo.Vi-O.Vi-o claramente. Pude observar a forma como ele passa (...)

A feira

08.11.18 | C.S. | ver comentários (5)
Ardem-me os olhos. Estão cansados. É quase hora de ir para a cama. Mas há ruído. Ouço o barulho da feira daqui. Parece-me estranho uma feira em novembro. Cresci num local onde só há feira quando vem o bom tempo. Final de junho.Vivo aqui há 3 anos e ainda não (...)

Espreitar o futuro? Não, obrigada.

07.11.18 | C.S. | ver comentários (21)
Se te deixassem espreitar o futuro querias saber o que ele tem guardado para ti? Um dia destes eu e o A. debatíamos esta questão. Ele foi perentório ao afirmar que não queria saber. Eu ponderei. Acabei por dizer que provavelmente também não espreitaria, mas (...)

Atualização de sexta-feira

02.11.18 | C.S. | ver comentários (8)
Estou aqui na hora de almoço e lembrei-me de passar por cá. Como estão?  Esta semana não fui muito presente. A inspiração tem andado nublada. Como o tempo.As palavras têm ficado presas nas pontas dos dedos e não tenho conseguido soltá-las. Os dias têm-se (...)

Sabores de outono

28.10.18 | C.S. | ver comentários (12)
O outono traz-nos o frio.E a vontade de ficar em casa a descansar dos dias longos de verão. O sal na pele é substituído por tecidos confortáveis. Desejamos que os fins-de-semana se prolonguem.Sentimo-nos letárgicos.E vêm-nos à memória sabores que pareciam estar (...)

As saudades que não tenho do facebook

20.10.18 | C.S. | ver comentários (15)
Deixei o facebook no final de 2017. Que bela decisão!A verdade é que não senti qualquer vontade de lá voltar. Acho que o facebook se tornou tóxico. Continuo convicta de que tomei uma decisão acertada no que concerne a este tema. Mas apercebo-me agora que ao estar (...)

Uma canção fofinha

16.10.18 | C.S. | ver comentários (13)
O trabalho tem sido muito e cansativo, sobretudo, porque o meu nariz continua no seu retiro, abandonou-me e deixou-me a respirar mal. A voz continua enrouquecida e os lenços de papel têm sido os meus melhores amigos.Imaginem como é dar aulas a 25 miúdos nestas (...)