Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

há mar em mim

13
Ago18

O que faz a C.S. numa segunda-feira...

C.S.

...de férias (em casa)? 

 

Vai a lugares longínquos? Tem 1001 planos de atividades? Experimenta 105 novos restaurantes? 

 

Não. Nada disso. Faço muito pouco, na verdade. Sou só uma pseudo-blogger-professora-contratada-falida com uma vida muito aborrecida. Têm de compreender...

 

Vejamos:

 - Acordar sem despertador;

 (Imagem aqui)

- Tomar o pequeno-almoço sem pressa nenhuma;

- Tratar da manicura;

Screenshot_20180813-153840_1.jpg

 (Esta foto está no meu InstaStories, é o resultado do ponto acima e do ponto abaixo )

- Comprar um miminho para manter a pele hidratada (logo vos digo se é bom ou não);

- Ir às compras (um verdadeiro inferno nesta altura do ano no Algarve);

(Imagem aqui)

- Almoçar;

- Arranjar coragem para ligar o pc e vir aqui matar saudades vossas;

 (Imagem aqui)

- Ler um bom bocado;

- Pensar durante uns minutos que a partir de 31 de agosto estarei desempregada;

- Reprimir o pensamento anterior porque não vale a pena gastar tempo com isso, porque afinal estou de férias;

- Tratar da roupa e do jantar;

- Jantar com o A.;

- Séries/filme com o A. 

(Imagem aqui)

 

E é isto. Hoje sem praia. Que ela está aqui tão perto e acessível que posso dar-me ao luxo de não meter lá os pés nos dias em que não me apetece. 

 

E vocês? Contem-me tudo! O que fazem quando estão de férias em casa? 

01
Ago18

10 motivos pelos quais é uma treta estar constipado em pleno verão

C.S.

Depois de lerem o título quase que consigo adivinhar os vossos pensamentos: "Olha esta agora... Quer dizer que no inverno é melhor?" ou "Olha esta agora... Só porque anda a espirrar vem para aqui com tretas.". Se acertei nos vossos pensamentos, peço-vos um pouco de paciência e compreensão. Continuem a ler, talvez venham a dar-me razão. Se não pensaram nada daquilo que eu previ, então vocês são mais fofinhos que um unicórnio de corno dourado. 

 

gripe-verão-920x420.jpg

(Imagem aqui)

 

 

10 motivos pelos quais é uma treta estar constipado em pleno verão:

 

1. O verão é sinónimo de praia, calor e alegria, não de calafrios, tremores e pensamentos de que o mundo está a acabar para nós.

 

2. No verão gostamos de ouvir músicas alegres e de preferência com o volume bem alto. Mas quem está com um mal-estar geral e uma tremenda dor de cabeça dispensa qualquer som, incluindo aquelas playlist que, supostamente, nos devem acalmar e pôr a dormir. 

 

3. "Come um gelado, faz bem à garganta." Quem é que não ouviu já esta frase? Mas qual é a alegria de estar a ingerir umas calorias extra com algo que nos vai saber a...nada. Os gelados são para uma pessoa pecar, mas deleitar-se. Não deviam ser recomendados como uma mezinha.

 

4. Quando nos constipamos no inverno aconchegamo-nos no sofá com uma mantinha. Já no verão estamos a derreter e só a palavra manta já nos causa una tontura.

 

5. "No verão, pelo menos, temos a hipótese de ir à praia e aproveitar para desobstruir as vias nasais." Que lindo pensamento! Não haja dúvida. E o tormento que passamos até lá chegar? A procura de lugar para o carro e posteriormente o sol a bater-nos moleirinha. Sabem tão bem quanto eu que o caminho que nos separa do carro à praia é, nada menos, que um suplício, mesmo quando estamos bem, agora imaginem quando temos que gastar 3 pacotes de lenços durante o percurso. 

 

6. Quando nos constipamos o que é que nos aconselham a beber? Chá quentinho, certo? Pois. Não será certamente uma Somersby cheia de gelo. 

 

7. No verão a alegria é tanta que todos falamos mais alto e as gargalhadas prolongam-se pela noite dentro. Nenhum vizinho vai pensar sequer que, no primeiro andar, poderá estar uma desgraçada a tentar dormir, rouca, com dor de garganta, um lenço ao lado da almofada e que só consegue respirar pela boca.

 

8. Recebes convites para almoços e jantares com muitos mais frequência e ao recusá-los por estares constipado vão olhar-te com olhos de: arranja-outra-desculpa-e-não-sejas-estúpida-que-eu-não-sou-parvo-nenhum-a-mim-não-me-enganas-tu. Um olhar que carrega todas estas palavras. Não duvidem.

 

9. Quando estão sob o ataque de uma constipação veraneia a nossa roupa fica molhada, não porque temos o biquíni por baixo, mas porque o benuron começou a fazer efeito e estamos a suar em bica. 

 

10. No inverno o estar constipado até poder servir de desbloqueador de conversa, é um tema com o qual toda a gente se identifica e que todos sentem que é um tópico adequado à época. Já no verão, se tocarem no assunto, não se admirem se alguém vos rosnar. Simplesmente as pessoas querem estar felizes e não querem ser lembradas da mortalidade inerente ao ser humano. 

 

20131113095733428587e.jpg

(Imagem aqui)

 

06
Dez17

12. Coisas parvas (que eu penso)

C.S.

No fim-de-semana vi um vídeo no YouTube onde a cantora Pink assistia a covers, de músicas suas, feitos por pessoas comuns. E havia uma rapariga que tinha uma voz espetacular e sobre a qual a própria Pink disse algo assim: "Ela é melhor do que eu alguma vez fui". 

E eu pergunto-me: quantas pessoas comuns haverá por aí tão melhores que outros que tiveram e têm o seu momento de destaque e o devido reconhecimento, mas que nunca passarão da sombra?!

E não me refiro só ao mundo da música, nem a profissões que conduzem à fama... 

 

Já pensaram nisto?

 

(Esta reflexão não é para ser interpretada, de forma alguma, como pessoal. É que, resumidamente, eu sou um zero à esquerda.)

 

(Imagem aqui)

 

 

 

Tenham um ótimo dia!

 

 

 

10
Nov17

10. Coisas parvas (que eu penso)

C.S.

Li há uns dias uma espécie de notícia que dizia algo do género:

 

Afinal os extraterrestres não devem ser muito diferentes dos humanos.

 

E eu pensei:

- Caramba! Que desilusão!

(Imagem aqui)

Estava à espera que eles tivessem um planeta sustentável, onde não houvesse conflitos e muito menos guerras. Onde todos os seres vivessem em paz e harmonia. Onde não conhecessem as palavras: fome, violência, escassez, poluição, doença...

Afinal são parecidos connosco?!

Espero que, pelo menos, tenham uma sociedade mais equilibrada e que não haja uma diferença tão abismal entre ricos e pobres. É o mínimo. 

 

(Imagem aqui)

 

 

16
Out17

Coisas que não (me) fazem sentido

C.S.

Num ano em que o país está a ser completamente devastado por incêndios, em que se perderam vidas, em que o outono não representou o fim do pesadelo, mas veio confirmá-lo ainda mais, parece-me algo estranho que a SIC decida incorporar esta temática numa das suas novelas.

Não vejo este tipo de programa há anos, mas o dito canal de tv tem insistido em passar, nos últimos dias, um anúncio à sua novela, Espelho de qualquer coisa, em que as imagens mostradas são: chamas, bombeiros e uma estrada cercada pelo fogo. Faz-vos lembrar alguma coisa?

Posso estar errada, mas parece-me desadequado abordar esta temática, quando ela ainda está tão presente, num programa de entretenimento e quando é do conhecimento geral que há pessoas que ateiam fogos pelo simples espetáculo de o ver a consumir tudo à sua volta.

Acho estranho e parece-me uma exploração da tragédia. Mas isto sou eu...

----------------------------------------------------------------------

Tinha este texto agendado para o final do dia de hoje. Estou incrédula com o que se passou ontem. Vi algumas imagens. Um horror... Perderam-se mais de 30 vidas. Tanta dor, tanto sofrimento, tanto desespero. E o governo que não sabe lidar com nada disto. E o país não está preparado para nada disto. Mas quem estaria?

 

 

 

08
Out17

9. Coisas parvas (que eu penso)

C.S.

Estou um pouco entediada hoje.

Se calhar, a solução para isto seria lamentar a morte do outono, tecer constatações acerca das vantagens ou desvantagens de ter um verão mais longo, partilhar uma foto de um prato de comida, dizer-vos que a vida é curta e que temos de aproveitar o momento... Mas em vez disso vou  ficar no meu canto.

Talvez passe a ferro a roupa que sempre me espera.

Talvez veja um filme.

Ou talvez não faça nada.  

 

Até amanhã.

26
Set17

7. Coisas parvas (que eu penso)

C.S.

Ontem, quando fui "corrinhar", entre pensamentos veio-me à memória aquela frase: "Deus escreve direito por linhas tortas".

Fiquei a cismar no raio da frase...

Será que Ele ignora as linhas, por serem tortas, e escreve em reta?

Será que a Sua caligrafia é tão perfeita que uma pessoa olha e pensa que aquilo é uma obra de arte?

Ou este "escreve direito" é mega metafórico, até porque, a bem da verdade, nós nunca O vimos, quanto mais assistir ao fenómeno de vê-LO a escrever um romance...

 

Acho que o "corrinhar" anda a fazer-me mal, se calhar vou deixar-me disto... E não tentem dizer que eu apanhei sol em demasia, até porque o desgraçado já se estava a pôr.

(Imagem aqui)

 

22
Set17

6. Coisas parvas (que eu penso)

C.S.

Ouvi, um dia destes, num vídeo que encontrei no Youtube, Ricardo Araújo Pereira dizer que não acredita em talento. Pensei: "Caramba, se ele não acredita no talento é porque acredita que este se constrói e se conquista à custa de muito esforço e trabalho".

Contudo, imediatamente a seguir veio-me à cabeça o seguinte: "Quem também não deve acreditar em talento é o Tony, por isso apropria-se do trabalho dos outros...".

(Imagem aqui)

05
Set17

5. Coisas parvas (que eu penso)

C.S.

- Meus amigos, tenho praticamente 100% de certeza que no IKEA os parques de estacionamento têm câmaras de vigilância.

- Com que intuito, C.S.?

- Com a intenção de ver as figuras tristes que os seus cliente fazem a tentar colocar a mercadoria no carro.

(Imagem aqui)

 

Ontem eu e o A. fartámo-nos de suar para conseguir trazer uma cama que fomos comprar e eu só pensava que alguém estaria a assistir àquela cena e a "gozar bem o prato".

Mas conseguímos!

 

 

Cada vez que vou ao IKEA lembro-me da primeira vez que o fiz e o que me marcou na altura foi ver um casal a olhar, com total desalento, para um sofá que havia acabado de adquirir e para o seu pequeno carro. Não sei como eles resolveram a questão, mas digo-vos que, a menos que tenham serrado o carro, o sofá não saiu do estacionamento.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Direitos de Autor

Todos os textos contidos neste blog, regra geral, são da minha autoria e, caso não sejam, serão devidamente identificados. Qualquer reprodução de um texto aqui publicado só poderá ser feita mediante a minha autorização. Para qualquer contacto ou esclarecimento adicional: hamaremmim@gmail.com Obrigada

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D