Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

há mar em mim

há mar em mim

A Teresa

20.08.18 | C.S. | ver comentários (22)
"Hoje é o primeiro dia do resto da tua vida..." Estas eram as palavras que não conseguia tirar da cabeça desde os acontecimentos da noite anterior. Tinha a voz de Sérgio Godinho a repetir a frase em loop na sua cabeça e nunca gostara muito de o ouvir, apreciara muito (...)

O Ricardo e a Rita

23.04.18 | C.S. | ver comentários (11)
Era hoje. O grande dia chegara. Ricardo não queria fazer asneira. Eram sete horas, o sol tinha nascido há pouco. Levava a passada larga e a respiração acelerada. Corria todos os dias 45 minutos, hábito que lhe ficara daqueles meses de dolorosa separação. Tinha (...)

A Inês

22.02.18 | C.S. | ver comentários (12)
Conduzia sem rumo há mais de uma hora. A raiva, o desespero e uma tristeza profunda tinham tomado conta de si nos primeiros quarenta minutos. Os olhos ardiam-lhe devido às lágrimas que havia derramado. Passavam das 19h.Agora senti-se vazia, como se tivesse ficado oca (...)

A Camila

06.02.18 | C.S. | ver comentários (20)
Fechou a porta de casa. Da casa que ainda era sua, mas que em breve deixaria de ser. Sabia que aquela manhã cinzenta de janeiro seria a última vez que estaria ali. Fechava a porta à casa e à vida que ela conteve. Encerrava naquele gesto não apenas uma moradia, mas (...)

A Margarida

12.12.17 | C.S. | ver comentários (22)
Eram seis da manhã e era inverno. O despertador tocou alto e pontual. Margarida esticou o braço e desligou-o mecanicamente. Nunca lhe apetecia sair da cama, sobretudo no inverno. Mas hoje era um dia diferente e de um salto colocou-se em pé, arrastou-se energicamente para (...)

A Francisca

29.11.17 | C.S. | ver comentários (16)
As ruas são a sua casa. O chão frio a sua cama. A heroína a sua companheira inseparável.  Há 20 anos atrás era outra. Logicamente mais nova. Ligeiramente mais feliz.  Francisca nasceu em berço de ouro, que é como quem diz que teve a sorte de nascer no seio de (...)

A Dona Celeste

20.11.17 | C.S. | ver comentários (21)
A Dona Celeste passa os dias à janela. Em terra de pescadores ela tem vista privilegiada para a azáfama da vila. Tem setenta e quatro anos e é hipocondríaca, mas não sabe. Às vizinhas diz que está sempre pior, que já não passa cá outro Natal. Ao final da tarde (...)

O Renato

08.11.17 | C.S. | ver comentários (21)
- Vai para a puta que te pariu! A frase ecoa-lhe na cabeça, uma e outra vez, uma e outra vez, uma e outra vez... Até que as palavras percam o significado.   Renato tem 9 anos e ouviu a frase pela primeira vez. Foi-lhe dirigida a si, com toda a violência que as palavras (...)

A C.S.

26.10.17 | C.S. | ver comentários (27)
Eu sou do Alentejo.As planícies alentejanas serão para sempre uma paisagem à qual não consigo ficar indiferente. Tenho 31 anos, 7 dos quais passados no Algarve. O mar sempre fez parte de mim, ainda antes de tê-lo diariamente.Provenho de uma família humilde. Os meus (...)

O Dr. Guilherme

16.10.17 | C.S. | ver comentários (12)
Naquele início tarde, de um outono demasiado quente, Guilherme não imaginava o que lhe iria acontecer. Vinha de um agradável almoço com a sua filha mais velha, que iria casar-se no final do ano. Estava entusiasmado pela sua menina, que na verdade já era uma mulher (...)