Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

há mar em mim

13
Set17

Notícias atrozes

C.S.

O desespero ganha muitas vezes batalhas. Voltaire

 

Acabo de deparar-me com duas notícias que reportam ao dia de ontem e que aconteceram no distrito da Guarda.

Duas notícias que jamais deveriam existir.

Duas crianças que, alegadamente, terão sido vítimas das suas próprias mães. 9 e 11 anos. Uma por ingestão de medicamentos, a outra por asfixia. Vítimas das pessoas que mais os deveriam proteger.

 

Como pode acontecer algo assim?

Pessoalmente acredito que se tratam de pessoas perturbadas, atormentadas, tanto assim é que ambas tentaram colocar termo à sua própria vida. Não o conseguiram. Terão de viver com o ato que cometeram.

 

Julgamos que uma mãe será a última pessoa a cometer um crime contra o próprio filho e, no entanto, às vezes somos surpreendidos com relatos destes.

Acredito, sinceramente, que as mulheres que o fazem julgam que se encontram no fim da linha, onde não há mais nenhum caminho para ser percorrido e onde qualquer réstia de esperança há muito que desapareceu. Talvez só a psicologia ou a psiquiatria consigam explicar algo assim. Ou talvez nem estas ciências o consigam fazer.

Para os comuns mortais estas notícias são sempre um murro no estômago.

 

 (Imagem aqui)

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Direitos de Autor

Todos os textos contidos neste blog, regra geral, são da minha autoria e, caso não sejam, serão devidamente identificados. Qualquer reprodução de um texto aqui publicado só poderá ser feita mediante a minha autorização. Para qualquer contacto ou esclarecimento adicional: hamaremmim@gmail.com Obrigada

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D