Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

há mar em mim

23
Dez20

As minhas grandes descobertas de 2020

C.S.

Se há coisa que eu gosto de fazer é ler um bom livro. Mas isto que agora afirmo aqui, com tanta certeza, andou um pouco esquecido, mais tempo do que eu gostaria. Perdido entre as exigências laborais e a tentadora Netflix, que se apresenta sempre como um bom plano para o tempo que temos livre. No entanto, eu queria mesmo ler mais. Sentia essa necessidade e nem tinha bem noção disso. 

No final de 2019 não fiz grandes resoluções de ano novo, mas disse a mim mesma que tentaria incluir a leitura nas minhas rotinas, cheguei até a pensar que idealmente conseguiria ler 12 livros, um por cada mês. 

E depois? Depois a vida aconteceu. 

Em janeiro li um livro pequenino - Distância de Segurança, que comprei em promoção no supermercado. Li-o rápido e apesar da história não ser marcante foi um passo para concretizar o meu objetivo.

A seguir, decidi instalar a app Kobo no meu telemóvel e o primeiro livro que comprei foi de uma autora portuguesa que eu não conhecia, Helena Magalhães. Comprei o Raparigas Como Nós porque me prometia uma viagem, um regresso ao  final dos anos 90 e início dos 00, era um regresso ao passado e a história cativou-me desde as primeiras páginas.

E foi aqui, numa manhã fria, mas solarenga de janeiro, enquanto tomava o pequeno almoço numa pastelaria após ter ido fazer análises, que fiz as duas grandes descobertas de 2020 sem o saber ainda. Descobri a Helena e a Kobo, a quem atribuo a grande responsabilidade de ter lido não 12, não 15, não 20, mas sim 42 livros em 2020. 42!

Passo a explicar, após gostar tanto do livro da Helena fiquei curiosa e fui fazer o que toda a gente faz hoje em dia: pesquisei o nome dela no google e no instagram. Comecei a seguí-la no IG porque me identifiquei logo com os seus conteúdos e passados uns dias percebi que ela era a responsável pelo Bookgang , um livraria online que é muito mais que isso, uma vez que não vende apenas livros, incentiva verdadeiramente à leitura. Uma espécie de Clube do Livro digital. Uma verdadeira comunidade de amantes de livros no Instagram. A Helena teve a brilhante ideia de criar caixas mensais com livros (novos lançamentos, sobretudo) sugeridos por ela. E são tão bons! 

E o kobo? Em fevereiro eu ainda pensava que iria de férias para o México na Páscoa (Ah!... a inocência!) e comprei um Kobo, com o intuito de ler nas férias, mas não ir carregada com livros para o outro lado do Atlântico.

Covid, pandemia, confinamento... Já sabem. Não se concretizou o México, mas a vontade de ler foi crescendo de mês para mês, embalada pelas sugestões da Helena, que é uma pessoa super simpática, acessível e que quer fazer a diferença nos hábitos de leitura em Portugal, fui lendo cada vez mais. Comprei livros no Bookgang e comprei livros na Kobo. Fui gerindo, porque gosto muito de ler em papel e aqueles livros que nos chegam ao coração, esses queremos nas prateleiras de casa, para guardar para sempre e sorrir quando olhamos para eles, mas o Kobo é tão prático que já não vivo sem ele. Há espaço para as duas modalidades. E sobretudo, há sempre espaço para a leitura nas nossas vidas. 

(Imagem aqui)

 

Quanto aos livros que mais gostei? Fica para outro post. 

 

 

09
Nov20

9 de novembro

C.S.

IMG_20201109_150701_565.jpg

2020 tem sido o ano em que definitivamente me voltei a reencontrar com a leitura. Já li 39 livros e ontem comecei o 40°. Sabem quantos li no ano passado? Uns 5 ou 6. Estou verdadeiramente feliz por ter voltado a ler e de forma tão assídua. Como consegui? Praticamente deixei de ver tv. Era um dos objetivos que tinha para 2020: ler mais. Estou feliz por ter cumprido. Há mais dois grandes motivos, mas esses vou deixá-los para outro post. 

 

No meio de tantos livros que já li, é muito difícil dizer-vos qual foi o meu preferido até agora. Felizmente tenho lido muitos bons livros, mas sei que a autora do livro que está na foto - Colleen Hoover - passou a ser uma das minhas preferidas, porque me proporcionou das leituras mais envolventes e inesquecíveis deste ano.

Este 9 de novembro li-o num dia. Foi nas férias de verão e não o consegui largar. É uma história apaixonante e dramática, que nos ensina o quão importante é perdoar. É um livro que nos leva às lágrimas e que nos traz dois personagens inesquecíveis. Facilmente imagino este livro adaptado ao cinema. E creio que não podia haver outro dia para vos falar dele: 9 de novembro. Procurem-no, leiam-no e depois venham conversar comigo sobre ele. 

E vocês? Como andam de leituras? 

 

27
Out20

Valeria, a série da Netflix que têm de ver

C.S.

(Imagem aqui)

 

Valeria é uma série da Netflix inspirada tetralogia de Elísabet Benavent. E eu acabo de vê-la, após ter terminado de ler os livros. 

Relativamente aos livros, deixem-me dizer-vos que passei bons momentos com eles, não são os melhores livros que li em 2020, mas fizeram-me rir, apaixonar e levaram-me a Madrid. E foram suficientemente bons para ter lido os quatro de seguida. 

E a série? Não me desiludiu nada. Na verdade adorei. Tanto que venho aqui recomendá-la. São apenas 8 episódios que devoramos em tempo recorde. Creio que os personagens acabam por ter uma história mais interessante na série, têm mais background. Valeria é super atual e oferece-nos diálogos maravilhosos. Adoro a relação de amizade daquelas quatro amigas. Adoro que a Valeria queira ser escritora e não desista do seu sonho. E claro, adoro o romance que começa a surgir com Víctor (um homem ao qual nenhuma mulher conseguiria resistir, aviso já ). O final também é ótimo, real e deixa-nos a ansiar por mais. 

Mas se todos estes argumentos não vos servirem, deixo aqui O argumento bónus, aquele que sei que será infalível (). 

(Imagem aqui)

22
Jan19

Na sexta-feira passada...

C.S.

A sexta-feira que passou foi um dia difícil para mim, pois tive uma situação muito tensa no trabalho. Mas como os nossos dias têm sempre algo de positivo, ao chegar a casa tinha uma surpresa. Na verdade era uma prenda que a jb - Comércio Global decidiu oferecer-me. Nem sei porquê... Ao que parece andaram pelo há mar em mim, gostaram do que viram e quiseram presentear-me. Que máximo, não é? Ficaram surpreendidos? Pois, é normal, eu também fiquei. 

 

A prendinha foi o livro de viagens, de Gonçalo Cadilhe, Passagem para o Horizonte. Tenho outros dois livros deste autor português e quero muito ler este. Talvez o leve para as minhas próximas férias... É um livro sobre uma volta ao mundo de mochila às costas. Como não ficar entusiasmada com este tema? 

(Imagem aqui)

 

Não conhecia a jb - Comércio Global mas entretanto fui pesquisar, como devem calcular. Trata-se de uma empresa 100% nacional, de Vila do Conde, que já conta com 20 anos de história e na sua página apresenta-nos variadíssimos produtos, desde brinquedos, passando por artigos de papelaria e terminando nos livros, há muito por onde escolher. Se puderem espreitem a página deles e as coisas giras que há por lá. 

 

Beijinhos e boa terça-feira, gente gira! 

12
Jan19

Amantes de livros? Vão adorar isto!

C.S.

Gostam de livros e bibliotecas? Sim? Então deixem-se estar e continuem a ler. Se não gostam, não faz mal, vemo-nos por cá num outro post qualquer.

 

Nesta tarde fria de janeiro, enquanto recebo o quentinho do meu aquecedor e degusto uma belíssima chávena de chá preto, encontrei uma história que me fez sorrir e por isso decidi vir aqui partilhá-la convosco. 

Sharalee Armitage Howard é uma bibliotecária, que vive nos E.U.A., e que teve a feliz ideia de aproveitar uma árvore centenária morta para fazer uma pequena biblioteca de rua junto à sua casa. Resultado? É capaz de ser das bibliotecas mais caricatas e queridas que vi na vida. Concordam?

(Imagem aqui)

 

A pequena e adorável biblioteca é um projeto incorporado na organização Little Free Library, sem fins lucrativos, que tem como propósito incentivar o amor pela leitura - Take a Book. Share a Book

(Imagem aqui)

 

Eu li a notícia aqui e depois fiz pesquisa e consegui ver um vídeo do local aqui. Não deixem de espreitem os links se quiserem ver mais imagens. 

 

Continuação de um ótimo sábado!

Está um belo final de tarde para pegar num livro. 

14
Mai18

Caramba!, este 2018 não chega para tudo!

C.S.

Olá! Olá! 

 

Como estão?

Espero que ricos e num destino tropical! (Era bom, não era?)

Tenho sentido saudades do meu cantinho, este que partilho convosco, mas tenho ocupado o tempo livre com outras coisas, essencialmente livros. Tenho lido bastante. Acho que ando a compensar o que não li em 2017. Mas fundamentalmente está tudo na mesma...e bem.

A vida vai fluindo, agora a passos largos, a caminho de um verão já ansiado por todos. Verdade? (Eu estou ansiosa por as minhas férias, devo confessar.) 

Tenho algumas coisas para vos contar, perguntas às quais vos devo responder e uma ou duas questões que vocês me hão de ajudar a esclarecer. 

Entretanto, desde que larguei o facebook, meti-me no Twitter, (podem encontrar-me aqui), usando-o para ler notícias e saber o que vai acontecendo no mundo. Na verdade é muito mais eficaz que o facebook. Concordam?

Na semana passada fui a Sevilha, em visita de estudo (à Isla Mágica), e correu tudo bem, mas podia tudo ter corrido melhor se me tivesse cruzado com o elenco de Game Of Thrones, que segundo as redes sociais, encontra-se a gravar no sul de Espanha.

Eu se os tivesse encontrado:

(Imagem aqui)

 

Pensando bem... Talvez tenha sido melhor assim. Imaginem-me a fazer estas figuras à frente de 100 alunos. 

23
Abr18

Hoje é dia do livro e...

C.S.

...e eu apercebi-me agora.

Agora mesmo. Quando cheguei a casa e a internet me informou. 

Ri-me. Porque antes de vir para casa fui comprar um livro e um postal e fui colocá-los no correio.

Destinatário: a minha sobrinha. Ela gosta de receber encomendas e postais. 

Comprei-lhe um livro que me cativou assim que lhe peguei, um livro que celebra todos os livros infantis.

É um livro que é uma homenagem a todos os outros, com ilustrações fabulosas. Espero que ela o adore. 

Se tivesse sido propositado não teria acertado mais que isto. 

500x.jpg

(Imagem aqui)

 

 

15
Mar18

#9 Banalidades

C.S.

Bom dia! 

 

Espero que estejam bem desse lado. 

 

- Ontem li uma notícia que me encheu de esperança num futuro um pouco melhor. Ao que parece, Portugal aguentou-se 3 dias, 3!,  a gastar somente energias renováveis. Excelente, não é?

 

- Hoje tenho o corpo ligeiramente dorido, mas o treino funcional é mesmo excelente para gastar energia e descarregar as frustrações do dia-a-dia. Recomendo. 

 

- O ano passado andei muito preguiçosa no que toca a leituras. Este ano também não comecei da melhor forma. Mas agora, num espaço de 10 dias li três livros e já iniciei um quarto. Pode ser que ainda haja esperança para mim. Ahahah...

 

- Deixo-vos com uma música que é contagiante. Não me tem saído da cabeça...

Tenham um ótimo dia!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Direitos de Autor

Todos os textos contidos neste blog, regra geral, são da minha autoria e, caso não sejam, serão devidamente identificados. Qualquer reprodução de um texto aqui publicado só poderá ser feita mediante a minha autorização. Para qualquer contacto ou esclarecimento adicional: hamaremmim@gmail.com Obrigada

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D