Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

há mar em mim

há mar em mim

Na sexta-feira passada...

22.01.19 | C.S. | ver comentários (4)
A sexta-feira que passou foi um dia difícil para mim, pois tive uma situação muito tensa no trabalho. Mas como os nossos dias têm sempre algo de positivo, ao chegar a casa tinha uma surpresa. Na verdade era uma prenda que a

Amantes de livros? Vão adorar isto!

12.01.19 | C.S. | ver comentários (6)
Gostam de livros e bibliotecas? Sim? Então deixem-se estar e continuem a ler. Se não gostam, não faz mal, vemo-nos por cá num outro post qualquer.   Nesta tarde fria de janeiro, enquanto recebo o quentinho do meu aquecedor e degusto uma belíssima chávena de chá (...)

Caramba!, este 2018 não chega para tudo!

14.05.18 | C.S. | ver comentários (7)
Olá! Olá!    Como estão? Espero que ricos e num destino tropical! (Era bom, não era?) Tenho sentido saudades do meu cantinho, este que partilho convosco, mas tenho ocupado o tempo livre com outras coisas, essencialmente livros. Tenho lido bastante. Acho que ando a (...)

Hoje é dia do livro e...

23.04.18 | C.S. | ver comentários (4)
...e eu apercebi-me agora. Agora mesmo. Quando cheguei a casa e a internet me informou.  Ri-me. Porque antes de vir para casa fui comprar um livro e um postal e fui colocá-los no correio. Destinatário: a minha sobrinha. Ela gosta de receber encomendas e postais.  Compre (...)

Quem disse?

21.04.18 | C.S. | ver comentários (16)
Quem disse que o fim-de-semana para ser perfeito tem de ser muito elaborado? Quem disse que requer muitas atividades? Muita agitação? E alguma confusão? Quem disse?  (Imagem

#9 Banalidades

15.03.18 | C.S. | ver comentários (16)
Bom dia!    Espero que estejam bem desse lado.    - Ontem li uma notícia que me encheu de esperança num futuro um pouco melhor. Ao que parece, Portugal aguentou-se 3 dias, 3!,  a gastar somente energias renováveis. Excelente, não é?   - Hoje tenho o corpo (...)

Lucky, o filme que me fez comprar um livro

25.01.18 | C.S. | ver comentários (14)
Lucky é um filme tocante. Oferece-nos como personagem principal um homem de 90 anos, que vive na sua pacata cidadezinha desértica, dos E.U.A.. Todos os dias cumpre a sua rotina, sem grandes inquietações. Contudo, uma inesperada queda na sua cozinha fá-lo refletir (...)