Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

há mar em mim

10
Nov20

As botas que podiam vir cá para casa

C.S.

Já apetece calçar botas, não é? 

Nos sapatos, ainda mais do que na roupa, prefiro investir em qualidade. Ter menos, mas que sejam confortáveis e que me durem. Sim, que me durem, porque sou uma destruidora de sapatos. 

De todo o calçado que existe as botas são, provavelmente, o que mais gosto de comprar e este ano há modelos bem giros. Por isso, em vez de guardar as fotos das que mais gosto só para mim, decidi partilhar convosco. Sempre podem tirar ideias e incorporá-las na vossa lista para o Pai Natal. 

 

Pikolinos (129,95€)

piko.jpg

(Imagem aqui)

 

Lemon Jelly (99,90€)

jelly.jpg

(Imagem aqui)

 

Yokono (75,95€)

yoko.jpg

(Imagem aqui)

 

Cubanas (139,80€) 

Boots_Cubanas_22.jpg

(Imagem aqui)

 

Timberland (195€)

timberland-malynn-ek--waterproof-mid-lace.jpg

(Imagem aqui)

 

Fly London (140€)

FLYP144539006_2_94cfab37-7494-4630-bddb-f328d3ed84

(Imagem aqui)

 

Gostaram? Quais são as vossas preferidas? Digam e pode ser que eu me decida por algumas...

(Abaixo de cada foto têm o link direto para o site das marcas, caso queiram ir espreitar.)

03
Dez18

E o artigo 13 não vai afetar os blogs?

C.S.

Esta é, para mim que tenho um blog, A pergunta que tenho em relação ao assunto do momento. 

 

O artigo 13 vai ou não afetar os blogs? 

 

Deixem-me, em primeiro lugar, dizer-vos que não estou esclarecida a 100% sobre este assunto.

Vi parte do vídeo do Wuant, mas não o consegui ver todo porque não tive paciência. A forma como se expressa, a raiva crescente, o tom alarmista... Foram demasiado para mim. 

Vi também o vídeo da Bumba na Fofinha. E aqui comecei a ter algumas luzes sobre o assunto. Acho que os argumentos que ela usou foram bastante pertinentes e a verdade é que concordo com aquilo que ela diz, já se falou muito sobre o tema, mas há muitas questões que não são claras. 

Depois fui pesquisar mais um pouco e li o artigo do Polígrafo (aconselho a que o leiam). Achei que esclarece muitas dúvidas e deixa-nos com a certeza de que, se o Artigo 13 for para a frente, a internet, tal como a conhecemos, irá mudar a partir de 2019. A mesma linha de pensamento segue-se neste texto da Sic Notícias. 

 

Agora pergunto-me...

Fala-se dos gigantes... YouTube, Google, Instagram... Mas as plataformas de blogs também não serão afetadas se esta lei for para a frente? 

 

Por exemplo, quando escrevo sobre um filme (facto que acontece com alguma frequência por aqui) e decido ilustrar o post com uma foto do mesmo, ainda que identificando o link donde retirei a imagem, estou a violar os direitos de autor? Deixo de poder partilhar essas imagens? 

 

Quando ouço uma nova música que gosto e decido vir aqui partilhá-la, com o intuito de dá-la a conhecer, estou a violar os direitos de autor ou estou a publicitar a música em questão? 

 

Ao partilhar a imagem de uma campanha publicitária de uma marca, (roupa, perfume, etc.), estou a violar os direitos de autor ou a divulgar a marca em questão, simplesmente porque me apetece? 

 

Deixo de poder citar?

 

Tantas questões. 

Mas tenho de esclarecer que, segundo o que li, os grandes afetados são, supostamente, os gigantes a que me referi anteriormente. Como? Pagando uma taxa de cada vez que um conteúdo seja publicado.

Agora digam-me? Vão o Youtube, Google, Intagram... pagar de cada vez que nos apetecer partilhar uma imagem dos Simpsons, de Game of Thrones, do SLB, da D&G, do Jamie Oliver... Ou vão, simplesmente, bloquear todos esses conteúdos para que não os possamos partilhar? 

(Imagem aqui)

 

Sabem o que vos digo? O Casal Mistério que se cuide... Parece que vão ter de repensar o conceito do blog.  

 

 

 

 

 

 

 

02
Out18

Uma MUD pelos anos

C.S.

Quem visita o há mar em mim saberá que no mês de setembro passou-se mais um dia do meu aniversário.

Foi um dia feliz. Almocei com vista para o mar. Passeie de mão dada por uma das cidades que mais gosto, mergulhei no mar onde recarrego sempre energias, depois, lanchei o meu bolo preferido e vi o pôr-do-sol. Segui para casa, onde jantei comidinha caseira na melhor companhia. Não se pode pedir muito mais, pois não? 

Acontece que também recebi algumas prendinhas, incluindo uma mala MUD. Adivinhem quem me presenteou com esta maravilha? O A., claro!

 

Conhecem? Já ouviram falar desta marca? 

A MUD é uma marca 100% portuguesa e que existe desde 2011. Os seus produtos são feitos à mão e as malas são em pele, madeira e cortiça. Eu diria que são delicadamente trabalhadas para serem usadas com conforto, mas também com muito estilo, uma vez que é uma mala em que se repara pela sua singularidade. A sério, tenho recebido alguns elogios por ela. 

 

A que eu recebi foi a Fat Pear Bag e foi amor à primeira vista. O A. escolheu esta cor (que eu adoro), mas há mais disponíveis. O difícil é mesmo escolher, por isso ainda bem que foi ele a tratar do assunto. 

fat-pear-bag-acqua.jpg

(Imagem aqui)

 

Decidi dar-vos a conhecer esta marca porque gosto de elogiar produtos de qualidade, coisas que uso e que me fazem feliz, e quando são nacionais creio que se torna quase um dever divulgar. Para irem à loja da MUD vão aqui, se quiserem conhecer o instagram, é aqui

16
Mai18

Expliquem-me cá...

C.S.

Já é a segunda ou terceira vez que uma marca, (importa referir que não é sempre a mesma), me contacta, através do instagram, para estabelecer uma parceria e, normalmente, a proposta é algo parecido com isto: 

 

- dão-me 20% ou 30% de desconto num produto à minha escolha (eu tenho de comprar o produto inicial);

- dão-me um código para eu partilhar no meu instagram e/ou blog que dá acesso a um desconto de 10% ou 15% a quem use o meu código;

- (supostamente) se alguém usar o código que partilhei, terei posteriormente algumas vantagens.

 

Digam-me cá, vocês, que são experientes neste mundo dos blogs...

É assim que isto se processa?

Tenho andado a deitar oportunidades ao lixo? 

Isto parece-vos viável?

 

Contem-me tudo! Partilhem a vossa sabedoria comigo...

 

Obrigada!

 

0012-2y0n5qkyv6ptno176e5bm2.jpg

(Imagem aqui)

 

Não se assustem... Nos próximos 10 anos ninguém me deve contactar novamente.  E se algum dia decidisse embarcar em algo do género teria de ser de um produto que eu também gostasse, esse seria o critério n.º 1. 

27
Fev18

Querem comprar um batom? Lembrem-se disto!

C.S.

Bom dia! Bom dia!

Como estão? Ontem não pude passar por cá, mas hoje aqui me têm. Ahahah...

 

No domingo passado fui à Sephora com o intuito de comprar um creme que necessitava (e comprei), porém também andava com ideia de comprar um batom. E foi nesta visita que descobri a nova gama de batons da Sephora, a #Lipstories. Todos os batons têm um custo de 8,95€, sendo que o n.º 22, um vermelho mate, tem a particularidade de ser um batom solidário, uma vez que o seu valor reverte inteiramente para a Ajuda de Mãe, uma instituição portuguesa que ajuda mães adolescentes. 

P_20180226_233752.jpg

 

A verdade é que um batom vermelho é um objeto icónico e se este ainda tem esta vertente solidária.

Lembrem-se disto quando tiverem que comprar um mimo para vocês ou uma prenda para a mãe, irmã, amiga... 

Porque a verdade é que devemos apoiar boas causa o ano todo, certo? 

P_20180226_233809.jpg

 

P_20180226_233843.jpg

 Como podem ver pelas fotos, eu não saí de lá sem trazer o meu para casa. 

 

13
Nov17

Uma compra daquelas que me entusiasma muito!

C.S.

Quem é mais assíduo aqui no Há mar em mim já se deve ter deparado com um post ou outro onde eu declaro o meu amor à fotografia. Não é que eu perceba do assunto, porque não percebo, mas sempre adorei a magia de guardar um momento para sempre. Para mim a fotografia é isso mesmo, é a possibilidade de eternizar um segundo das nossas vidas e das vidas que nos vão rodeando. É, sem dúvida uma forma de arte e de nos expressarmos. 

 

Lembro-me dos meus pais terem uma Kodak, a primeira máquina fotográfica com que contactei. Usava-a sempre que podia, mas não podia muitas vezes, porque revelar as fotos era algo dispendioso nos anos 90, se bem se lembram.

 

Depois foram surgindo as máquina digitais e a primeira que eu tive deixou-me imensamente feliz. Creio que a recebi de prenda de anos. Tirava fotos com pior qualidade que a Kodak, mas que importava?! Tinha o futuro nas mãos!

 

Só que o futuro durou pouco, que é como quem diz, a máquina não teve uma longa vida. E quando comecei a ganhar o meu primeiro dinheiro, a trabalhar nas férias de verão, quis dedicar parte dele a uma nova máquina fotográfica, uma Nikon. Esta durou-me muitos anos e só a fui deixando de lado à medida que as câmaras dos smartphones foram melhorando. 

 

Mas de há uns tempos para cá senti uma vontade imensa de ter novamente uma máquina fotográfica nas mãos. A ideia foi amadurecendo em mim e tornou-se uma certeza. Até pedi ao João Freitas Farinha para me ajudar na escolha e ele, sempre tão simpático, lá me deu a sua opinião. Obrigada, João. 

 

Depois de ponderar prós e contras dos três modelos para os quais estava inclinada, lá me decidi pela Canon PowerShot sx540hs. Esta beleza:

(Imagem aqui)

 

(Imagem aqui)

 

Tenho-a desde quinta-feira e para já estou a adorar e estou muito feliz com a minha escolha.

 

Convido-vos a passar pelo meu instagram, pois é lá que coloco muitas das fotos que vou tirando. 

 

Tenham uma ótima semana! 

27
Out17

Não quero outros!

C.S.

Bom dia!

 

Como estão? Tenho a certeza que hoje o vosso humor está em alta, afinal é sexta-feira. Ahahahah!

 

Vocês já me conhecem um pouco, por isso sabem que não vos falo muito de produtos aqui no Há mar em mim, a não ser que goste mesmo, mesmo, mesmo deles. Nesse caso falo e divulgo, porque acho que poderei estar a ajudar alguém desse lado.

 

Vamos falar de calças?

 

Como já vos confidenciei (aqui) eu tenho formas e quando digo que tenho forma falo disto:

(Imagem aqui)

 

Tenho anca e rabo que se veem bem. Mas mesmo bem!  

 

Comprar calças sempre foi para mim um problema, pois nem sempre assentam bem. Às vezes não passam na anca, às vezes parece que ficam boas, mas depois ficam largas na zona lombar... Um drama! E quando veio a moda das calças muito justinhas na perna a questão agravou-se e encontrar um par de calças em condições passou a ser uma tarefa equivalente a encontrar um copo de água no deserto.

 

Felizmente esses dias já pertencem ao passado. Porquê? Porque encontrei as Push In Secret da Salsa. E posso dizer-vos que estou completamente rendida e apaixonada! Nunca me senti tão confortável. E o drama agora passou a ser escolher, pois a oferta é, afortunadamente, muita! Bom...e há sempre o drama económico, mas não falemos de coisas tristes...

2017-10-26 (1).png

 

2017-10-26 (2).png

 

2017-10-26.png

 (Todas as imagens foram retiradas do site oficial da marca)

 

Não se deixem enganar pelo corpo esbelto das modelos, eu garanto-vos que este modelo fica mesmo bem em mulheres que, como eu, são aquilo a que se chama plus size.

Foi graças a este modelo da Salsa que pela primeira vez, em 31 anos de vida que tenho, vesti umas calças brancas. É que ficam mesmo bem! E o melhor é que ajudam a que a nossa autoestima cresça. E a marca, tal como vocês devem saber, tem a vantagem de ser portuguesa, facto que eu também valorizo bastante.

 

Agora quero juntar uns trocos para comprar as novíssimas Push In Secret Glamour.

(Imagem aqui)

23
Set17

Banalidades ou a compra de um relógio

C.S.

Com o início do novo ano letivo senti a necessidade de comprar um novo relógio.

Ontem lá fui em busca do que pretendia. Não queria gastar muito dinheiro, (ou não podia...), mas também não queria andar com uma coisa horrorosa agarrada ao meu pulso o dia inteiro. Que uma pessoa é pobre, mas gosta de manter algum estilo, não é verdade?

Vi uma loja, outra e mais outra... E só gostava dos que custavam de 100€ para cima, pensei que me estava a boicotar a mim própria. Até que entrei numa que tinha uma marca que não conhecia, mas da qual gostei bastante: Watx.

Adorei o conceito, porque podemos mudar de bracelete com muita facilidade e há imensas cores e padrões à escolha. Cada bracelete custa cerca de 13€ e o relógio ronda os 36€, portanto, não é nada caro. Se querem confirmar as possibilidades que têm à vossa disposição podem ir aqui.

Eu não queria nada muito extravagante e tinha como critério que fosse uma cor que conjugasse facilmente com outras, (por causa da roupa), acabei por sair da loja com este:

2017-09-22.png

(Imagem aqui)

 

 Mas tenho de vos dizer que tive este bebé no pulso:

(Imagem aqui)

Apaixonei-me. É um smartwatch da Michael Kors. Além de ser lindo é um relógio com centenas de possibilidades, pois permite-nos mudar o seu aspeto sempre que queremos, para além de dar para emparelhar com o telemóvel, tem lanterna e microfone incorporado... Resumindo: um brinquedo maravilhoso e cheio de estilo.

Estava em promoção, custava 299€, demasiado para o meu bolso. Mas deixou-me a suspirar.

Disse ao A. que se me saísse o euromilhões iria comprá-lo.

Não saiu...

Tenho-me portado bem, mas julgo que o Pai Natal também não terá possibilidades de o fazer chegar cá a casa.

Contento-me com o meu Watx e a possibilidade de qualquer dia poder mudar a bracelete.

 

Beijinhos e bom sábado.

30
Jul17

24. Coisas maravilhosas que o meu (pouco) dinheiro não pode pagar

C.S.

Bom domingo!

Como estão? Vamos espreitar coisinhas maravilhosas neste último domingo de julho?

 

Vamos lá...

 

Desejo n.º 1: vestido Dolce&Gabbana

 

Dol.jpg

 

F65G7TGDF89_HAD13_2.jpg

 

 Desejo n.º 2: óculos de sol Louis Vuitton

 

louis-vuitton-diva-gafas-de-sol--Z0959U_PM2_Front%

Desejo n.º 3: sabrinas Fendi

 

2017-07-02 (7).png

 

2017-07-02 (9).png

 

Gostaram de algum dos artigos? Espero que sim.

Beijocas

 

Ah!...se quiserem rever as últimas sugestões, vão aqui.

16
Jul17

23. Coisas maravilhosas que o meu (pouco) dinheiro não pode pagar

C.S.

Bom dia e um ótimo domingo!

 

Como estão?

Ontem não andei por cá, mas hoje vim trazer-vos as coisinhas maravilhosas do costume. Vamos lá a isto...

 

Desejo n.º 1: Mala Fendi

2017-07-02 (2).png

 Desejo n.º 2: Sapatos Miguel Vieira

miguelV.jpg

 

 

Desejo n.º 3: Jumpsuit Pedro del Hierro

P_619919474TM.jpg

 

Pedro del H1.jpg

 

 

Alguma peça preferida? Contem-me tudo!

Se quiserem ver o início desta rubrica vão aqui.  

Aproveitem bem este domingo solarengo.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Direitos de Autor

Todos os textos contidos neste blog, regra geral, são da minha autoria e, caso não sejam, serão devidamente identificados. Qualquer reprodução de um texto aqui publicado só poderá ser feita mediante a minha autorização. Para qualquer contacto ou esclarecimento adicional: hamaremmim@gmail.com Obrigada

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D