Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

há mar em mim

11
Nov19

Dançar como se ninguém nos visse

C.S.

Hoje o Miguel Araújo foi às manhãs da rádio Comercial estrear a sua música nova e tentar pôr o país a dançar. Sem vergonha. Sem preconceitos. Sem autocríticas destrutivas. 

Eu gosto muito das músicas do Miguel. As suas letras cheias de conteúdo cativam-me sempre. E esta não foi exceção. Até porque identifico-me imenso com a mensagem da canção. 

Quem me dera poder ir aos anos 90 e mostrá-la à miúda que fui. Dizer-lhe "ouve com atenção, não te julgues tanto, não te acanhes, nem tenhas medo". Podia ser que a miúda não se sentisse um bicho tão raro e solitário durante a adolescência. Ou então não faria diferença nenhuma, que os adolescentes são uma espécie muito difícil de compreender, pior que as mulheres. Nunca saberemos...

Porém, compreendo hoje que uma das enormes vantagens de que o tempo passe por nós é relativizar. Entender que há preocupações muito maiores do que a nossa forma desengonçada de dançar. E por isso não faz sentido deixar de fazer algo que gostamos ou que nos apetece fazer apenas porque temos vergonha ou porque achamos que os outros nos vão julgar. Não! Chega de dizer que não somos capazes, que não temos jeito ou que não é para nós. É, se quisermos. 

Não vamos virar experts, mas seremos pessoas mais divertidas e felizes. 

Crescer é livrarmo-nos das amarras da nossa consciência. E é tão libertador! 

 

Como se ninguém nos visse...

 

 

06
Mar19

O dia em que a B. conheceu o Miguel Araújo

C.S.

Lembram-se de vos ter dito, (aqui), que a prenda de aniversário que ofereci à B. foi bilhetes para um concerto do Miguel Araújo? 

 

No dia 16 de fevereiro lá fomos ao belíssimo e único Teatro Garcia de Resende, em Évora, - se não conhecem aconselho-vos vivamente a fazê-lo - para assistir ao concerto. O espetáculo foi inserido no festival de música do Dia dos Namorados, Às vezes o Amor, do Montepio, e serviu como pontapé de saída para a digressão que o cantautor está a fazer pelo país, a solo, e que dá pelo nome de Casca de Noz.

(Imagem aqui)

 

 

Com o aproximar da hora do espetáculo a minha sobrinha, com os seus 8 anos acabadinhos de fazer, estava numa ansiedade que só vista. Proferiu frases como: "Tia, parece que tenho as pernas a tremer.", "Mas porque é que o tio está a demorar tanto para estacionar o carro?", "E se nos atrasamos?".

 

1.png

 

 

Com um bocadinho de atraso, que à B. pareceu uma eternidade, o concerto lá começou. Enternecedor. Intimista. Encantador. Miguel Araújo foi tudo isso, com as suas letras e algumas músicas que ele foi buscar a quem o inspira. Para mim, o momento alto da noite foi quando o Miguel cantou País do Gelo, de Rui Veloso. Não conhecia a música e a interpretação que o Miguel fez arrebatou-me. 

 

2.png

 

 

E a B.? A B. estava a cair de sono.  Fez um esforço enorme para se manter acordada e conseguiu. E no final ganhou uma dose de energia vinda não sei de onde. Quando lhe disse que já podíamos ir para casa, ela respondeu-me:

- E o meu desenho?

- Ainda queres tentar entregar o desenho, não tens sono?

- Claro que quero entregar, tia!

 

Conclusão: lá perguntei a um dos técnicos da equipa do Miguel se era possível entregar-lhe o desenho dela e ele disse que se esperássemos uns 10 minutos ele viria recebê-lo pessoalmente. Deveriam ver a cara da miúda. Entre a vergonha e o entusiasmo lá esperou. E não só entregou o desenho, como lhe disse: "Desculpa, fiz para ti, mas foi um pouco à pressa.", tirou foto e ganhou dois beijinhos. 

Quando entrou no carro: "Nem acredito que isto me aconteceu. Foi o melhor dia da minha vida. Tia, podes enviar a foto à mãe? É que eu quero pô-la no meu quarto.". 

 

E foi isto. Momento únicos que não se esquecem. 

 

05
Fev19

Há 8 anos que o dia 5 passou a ser especial

C.S.

Há 8 anos nascia a minha sobrinha. É cliché dizê-lo, bem sei, mas é incrível como o tempo corre. 

A B. é, provavelmente, a criança mais feliz que conheço e isso deixa-me imensamente feliz, porque nos dias de hoje não é fácil ser uma criança feliz. Ao contrário do que se possa pensar. (Perdoem-me a repetição.)

Acabei de falar com ela, (as tecnologias ajudam sempre a encurtar a distância), e fiquei com um sorriso de orelha a orelha. É sempre assim, quando falo com ela tenho a sensação que volto a ser um pouco criança. 

Tem os olhos verdes e um coração gigante. Adora gelados de chocolate e lambuza-se toda a comê-los, mas não se importa mesmo nada com isso. Gosta de vestir roupa nova e de ver desenhos animados. Também gosta de ler. Tem uma gargalhada contagiosa e adora conversar. Na verdade é uma verdadeira tagarela. 

Disse-me que adorou a prenda que lhe enviei e dentro de 15 dias, mais coisa menos coisa, iremos desfrutar dela juntas. Eu e o A. vamos levá-la a um concerto do Miguel Araújo, é que a miúda tem bom gosto musical. Acho que sai à tia. 

"Foi uma das melhores prendas que recebi, Tiki." - disse ela. E o meu coração derreteu um bocadinho. 

(Imagem aqui)

17
Jan19

Ajudem-me, estou viciada nesta!

C.S.

Já ouviram esta nova música do António Zambujo? É linda.

Atentai, minha gente!

O curioso é que, quando a ouvi com ouvidos de ouvir, disse para o A.: "Esta letra... Esta letra foi escrita pelo Miguel Araújo!" e com uma rápida pesquisa no Google o meu palpite tornou-se certeza. Que grande dupla que eles são! Adoro!

 

E adoro especialmente estes versos:

Amadeu desanimou

Um dia quis ver o céu

Benzeu-se com o chapéu 

E voou.

 

Isto é poesia. Quem me dera escrever assim, é o que vos digo, meus amigos...

 

14
Nov17

Na sexta-feira à noite...

C.S.

Miguel Araújo brindou, quem esteve presente no seu concerto no Coliseu dos Recreios, com músicas do novo cd, com belíssimos convidados, com um cenário magnífico e com uma atuação irrepreensível. 

WaterMark_2017-11-11-13-21-07.JPG

 

Creio que este cantor se reinventa a cada espetáculo. O próprio já confessou que, no início, tinha receio do palco e de encarar o público e que agora já consegue desfrutar do tempo que passa em grande plano. E isto nota-se. 

Quem o acompanha desde o início da sua carreira a solo nota-o mais solto a cada performance e com a voz cada vez mais segura. O músico portuense tem,ainda, a mais-valia de ter consigo uma banda fenomenal, divertida e que sabe envolver o público. E o próprio Miguel vai conversando com quem o vê, entre canções, e contando a origem das suas músicas. 

É mesmo um concerto que vale a pena ou não fosse ele um dos melhores cantores portugueses e dos mais completos também, pois todas as suas músicas têm letras da sua autoria. E que letras! Cada uma delas conta-nos uma história e é isto que eu mais admiro nele, a sua capacidade para a escrita. 

Espero que concertos destes se repitam por muitos anos e que o Miguel continue a encher o nosso país com boa música. 

WaterMark_2017-11-11-13-15-51.JPG

 

WaterMark_2017-11-11-13-18-34.JPG

 

 

 

10
Nov17

Vou ali...

C.S.

...ao coliseu ver este senhor.

 

 

Depois conto como foi, ok?

Mas posso dizer-vos que tenho um feeling de que vai ser muito bom!

Pelo caminho ainda vou jantar com uma amiga que não vejo há demasiado tempo e da qual tenho muitas saudades. 

 

Vou fechar a semana com chave de ouro.

Bom fim-de-semana! Divirtam-se. 

 

31
Jul17

No sábado fui a um concerto :)

C.S.

IMG_20170730_120830_184.jpg

 

Já andava com saudades de assistir a um concerto. Ver ao vivo alguém que admiro. Poder apreciar ao vivo aquelas músicas que tanto gosto. Sentir centenas de pessoas a vivenciar a mesma alegria que eu.

 

O concerto foi de Miguel Araújo. E ele não desiludiu. Nunca desilude. Brinda-nos com as suas magnificas músicas, irrepreensivelmente bem escritas, leva-nos numa viagem por todos os seus trabalhos a solo e ainda vai buscar mais algumas canções que já escreveu para outros brilhantes cantores portugueses.

 

Arrisco a dizer que o Miguel está cada vez melhor em palco, mais confiante e, para que tal aconteça, a sua equipa também terá mérito, pois é notória a cumplicidade que reina por ali e a entrega de todos. Gostei muito de ver atuar a nova guitarrista da banda, Joana, que ainda acompanha o Miguel na voz quando faz falta um toque feminino.

 

Se tiverem oportunidade vão ver um concerto deste senhor, pois irão adorar, dada a qualidade do seu trabalho. No facebook dele podem aceder à sua preenchida agenda. Passem por lá.

25
Jul17

Miguel Araújo – Axl Rose

C.S.

 

Eu sou suspeita. É verdade. Já me confessei fã de Miguel Araújo mais que uma vez, mas não deixem de ouvir esta música, não deixem de assistir a este extraordinário vídeo.

Por aqui compreendemos bem como a música portuguesa vai de boa saúde.

Este vídeo, tal como a letra da música, é uma verdadeira homenagem que o Miguel faz à Cultura Pop dos anos 80 e início dos anos 90.

São tantas as referências que podia ser um verdadeiro desafio decifrar todas elas... Desde filmes de culto a grandes referências musicais, está aqui tudo, não falta mesmo nada, porque o Miguel não é de deixar nada pela metade e ele apura bem os seus trabalhos.

 

Adoro! E vocês?

Boa terça-feira.

18
Mai17

Chega amanhã...

C.S.

É verdade! É já amanhã.

1507-1.jpg

(Imagem aqui)

Quanto a vocês não sei, mas eu estou à espera deste álbum já há algum tempo e os motivos são diversos: Miguel Araújo é um dos grandes nomes da música nacional; (para mim) é o melhor compositor da atualidade nacional; gosto da sua voz; admiro a forma como foi ganhando o seu espaço no mercado musical nacional e é uma pessoa inteligente e apaixonada por aquilo que faz; não compõe única e exclusivamente para si e mantém uma relação muito saudável com alguns dos melhores músicos portugueses.

Este trabalho dá pelo nome de Giesta, lugar onde nasceu o cantautor, por isso espera-se, (até pela música já apresentada: 1987), que seja um revisitar de memórias, momentos e sensações. E se há coisa que Miguel Araújo faz bem é visitar esses lugares, veja-se as letras das músicas Capitão FantásticoJosé ou Romaria das Festas de Santa Eufémia.

Já ouvi o Miguel Araújo a confessar que adora compor, que às vezes ouve letras músicas que considera muito boas e pergunta-se porque não foi ele a ter ideia para escrever aquilo. Já eu gostava de ter um pouco da sua habilidade para a escrita e não me importava nada, mas mesmo nadinha, de ter escrito qualquer uma das suas canções.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Direitos de Autor

Todos os textos contidos neste blog, regra geral, são da minha autoria e, caso não sejam, serão devidamente identificados. Qualquer reprodução de um texto aqui publicado só poderá ser feita mediante a minha autorização. Para qualquer contacto ou esclarecimento adicional: hamaremmim@gmail.com Obrigada

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D