Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

há mar em mim

há mar em mim

Eventualmente ficará tudo bem

28.03.20 | C.S. | ver comentários (3)
"Vamos ficar todos bem." É uma frase que adoptámos para nos dar conforto e esperança. Um frase que pedimos às crianças que pintassem, chutando, dessa forma, o medo para longe. Uma frase que nos agarra à vida quando morte anda à solta, mais acutilante que nunca. Mas (...)

Um domingo (quase) perfeito

11.03.20 | C.S. | ver comentários (8)
Domingo esteve um dia espetacular. Aproveitei-obem, parecia que estava a adivinhar que ia entrar numa espécie de quarentena. Digo espécie porque não estou em isolamento social oficial, ou seja, não me foi dito que me teria de submeter a ele, mas a minha consciência é (...)

A minha opinião é melhor que a tua!

16.04.19 | C.S. | ver comentários (14)
Como foi que o ser humano se tornou tão arrogante? Sempre fomos assim ou a internet, através da segurança de uma comunicação à distância, indireta, está a fazer com que esta nossa faceta se acentue?  Vivemos num tempo em que a lamentação pela destruição de um (...)

#7 Traçados dos dias

08.02.19 | C.S. | ver comentários (4)
Bom dia.  Neste que é o último dia útil da semana venho cá fazer-vos um resumo da montanha-russa de emoções que tenho vivido por estes dias.    O ponto alto da semana aconteceu na terça-feira com os 8 anos da B. e, ainda que eu não tenha estado fisicamente com (...)

Corrupção

19.10.18 | C.S. | ver comentários (10)
Corrupção (s.f.) (latim corruptio, -onis, deterioração, sedução, depravação)   1. Ato ou efeito de corromper ou de se corromper. 2. [Antigo]  Deterioração física de uma substância ou de matéria orgânica, por apodrecimento ou oxidação (...)

Notícias que entristecem: O Tejo

28.01.18 | C.S. | ver comentários (8)
Estou a ver as notícias e acabo de ver imagens penosas do Tejo. O rio está poluído e o problema já não é de agora. Mas parece que é agora que está a atingir níveis de poluição elevadíssimos.  É o habitat de tantas espécies que é destruído, a população (...)

Eu tinha razão em não querer saber

07.11.17 | C.S. | ver comentários (13)
Ouvi e vi na tv e na internet, durante todo o fim-de-semana, referências a acontecimentos violentos que ocorreram numa discoteca em Lisboa. E sempre que o tema veio ter comigo eu evitei-o.   Porquê? É simples. Estou cansada de violência. É algo que (...)