Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

há mar em mim

há mar em mim

Desabafos de Segunda

17.06.19 | C.S. | ver comentários (15)
Como é possível que vivamos a vida de um modo tão frenético, tão stressante, que às vezes damos por nós a pensar: "já estamos em junho? Como é que vim cá parar? Para onde foi o tempo entre o Natal e o presente?".  Será isto viver no limbo? Será isto o aproximar (...)

O Artur

31.01.19 | C.S. | ver comentários (16)
- Hey! Tu aí... Sim, tu. Tu que olhas para o monitor. Não adianta olhares para o lado ou tentares disfarçar. É mesmo contigo que eu quero falar.    O meu nome é Artur. Nunca saberás se este é o meu verdadeiro nome, mas isso agora não interessa nada. O que (...)

O que queres fazer?

30.01.19 | C.S. | ver comentários (35)
O que queres fazer?   É terrível esta pergunta. Assustou-me no 9º ano, quando eu tinha 14 anos e tive de tomar uma decisão para o futuro. Na altura eu sabia duas coisas: que queria que o Benfica fosse sempre campeão e que as únicas aulas que me entusiasmavam (...)

Dou-te a mão e digo: "Vamos!"

28.01.19 | C.S. | ver comentários (8)
Olho pela janela. O sol brilha lá fora para nos enganar.  O vento que vem de norte sopra forte e gélido. Tão frio. Encolhemo-nos perante o seu rigor. "Quem de dera estar noutro lugar" - penso.  Sonho com lugares distantes. Elevo-me. Levo o pensamento para sítios mais (...)

Sabes lá tu o que é ser eu!

16.01.19 | C.S. | ver comentários (14)
E tu sabes lá!... Sabes lá o que é andar sempre à pressa,  ter a cabeça a prémio só por existir.  Tu sabes lá!... O que é chegar a casa já de noite, não ter tempo para mais nada que não seja subsistir.  E tu sabes lá!... As horas que passo acordado, a (...)

O Fernando

17.10.18 | C.S. | ver comentários (40)
Fernando ia sentado no comboio, absorto nos seus pensamentos, mas sobretudo nas suas angústias. Regressava a casa numa hora que não era de ponta, facto que não invalidava que o comboio fosse bastante composto.  Se alguém perdesse um pouco do seu tempo, naquele final de (...)

Sonhos matinais

09.10.18 | C.S. | ver comentários (20)
Sinto o frio da manhã.  Sorrio. Tinha saudades dele.  Lá fora já há barulhos sem fim... ...a vizinha que tira o carro da garagem para levar a miúda à escola. ...os passarinhos que cantam na inocência da sua existência. ...uma mota que acelera sabe-se lá para onde... (...)

À segunda

01.10.18 | C.S. | ver comentários (18)
O despertador toca. Uma, duas, três vezes... Um pé no chão. Não está frio. Ainda não faz frio. Outubro aqui. E o outono longe. Que dia é hoje? É segunda? Acho que é segunda... Porra!...  É segunda!  Os primeiros minutos do dia passam sempre demasiado rápido. A (...)

A vida.

02.08.18 | C.S. | ver comentários (17)
Romper com as predefinições, Que hoje eu vou por mim. Traço o meu caminho. Faço-me à estrada. Sem medos. Sem arrependimentos. Os olhos postos apenas no que está além. No desconhecido. Um salto assente em determinação, Que hoje eu vou por mim. Não interessa o passado. (...)

No meu coração cabe o mar

25.07.18 | C.S. | ver comentários (17)
No meu coração cabe o mar. E no mar cabem as dúvidas e as certezas. Os dias cinzentos e os dias coloridos. Os dias planeados e os espontâneos.  No meu coração cabe o mar. E também a sua força. E jovialidade. E imprevisibilidade. No meu coração cabe o mar. E (...)