Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

há mar em mim

há mar em mim

Feliz com algo banal...

11.10.18 | C.S. | ver comentários (24)
Chove lá fora. O céu está cinzento.Hoje as temperaturas não devem ir além dos 21 graus. E eu sinto-me feliz.Redondamente feliz.Feliz por este tempo. E feliz, tal não é a redundância, por me aperceber que conservo em mim a capacidade (ou ingenuidade) de me (...)

Sonhos matinais

09.10.18 | C.S. | ver comentários (19)
Sinto o frio da manhã. Sorrio. Tinha saudades dele. Lá fora já há barulhos sem fim......a vizinha que tira o carro da garagem para levar a miúda à escola....os passarinhos que cantam na inocência da sua existência....uma mota que acelera sabe-se lá para onde..... (...)

Vamos lá relembrar...

08.10.18 | C.S. | ver comentários (16)
...que todas as segundas-feiras acabam....que há muitos bons livros por ler....que um mergulho no mar é gratuito. ...que o café não está em vias de extinção....que sempre haverão novas músicas que ficam no ouvido....que o verão voltará daqui a uns meses....que (...)

The sun still shines

21.09.18 | C.S. | ver comentários (13)
Tenho pensado em vir aqui, mas por estes dias sinto que estou a sair de um processo de hibernação.Iniciar, todos os anos, um novo percurso numa nova escola não é fácil. O período de adaptação é enorme. Muda o local, as regras, as pessoas... Tudo muda. Exceto nós. (...)

32!...

10.09.18 | C.S. | ver comentários (21)
Hoje tenho tantas razões para agradecer e sorrir. A saúde.O amor.A família.Os amigos.Os sonhos que realizei.Os sorrisos partilhados.As conquistas.A infância.As viagens. O trabalho.O mar.Os livros que li.Os filmes que vi.As séries. O que fui e o que sou. 32 anos. A (...)

Rasgos de vida

29.08.18 | C.S. | ver comentários (16)
Já deram por vocês a viver um momento e pensarem, naquele exato instante, que é único e irrepetível?Começam a ter saudades ainda antes de terminar.Devíamos viver para esses momentos...O mundo desacelera um pouco.Estamos numa bolha.Sentimos.Cheiramos. Não queremos (...)

Este blog que é totalmente dispensável...

03.07.18 | C.S. | ver comentários (24)
A medida do tempo é aquela que nós queremos. Ou a que percecionamos. Quase um mês pode ser muito pouco.Quase um mês pode ser uma eternidade.  Há quase um mês que não tem havido mar em mim. Tem-me escapado por entre os dedos. O cansaço acumulado tem-me (...)

O que mais me comove no mundo

20.03.18 | C.S. | ver comentários (22)
O que mais me comove no mundo é o amor.Em todas as suas formas. Por mais ingénuo e banal que possa ser este pensamento, é genuíno. O amor não se gasta. É absolutamente intemporal.Pensem nos romances que sobre ele já se escreveram.Nos filmes que o retrataram. Nas (...)

Um sentido para a vida

14.03.18 | C.S. | ver comentários (18)
Todos nós, sem exceção, procuramos um sentido para a nossa existência. Uns fazem uma procura deliberada, outros tentam encontrá-la sem saber. Há quem se resigne. Há quem nunca desista. E esta busca louca faz-nos viver numa espécie de limbo. Um lugar de ninguém.