Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

há mar em mim

08
Jan18

17. Coisinhas que me irritam

C.S.

Bom dia! 

 

Acreditam que não vos trazia uma irritação desde agosto?

(Imagem aqui)

 

É verdade, eu própria fiquei incrédula. E não se deixem enganar, não é sinal de que tenha andado super zen, nem nada do género. Adiante...

 

Devo dizer-vos, porque eu gosto sempre que vocês saibam a verdade, que lutei bastante contra esta irritação. Tentei ignorá-la. Tentei camuflá-la com a alegria das festividades. Tentei de todas as formas, acreditem. Mas não consegui. Portanto, aqui me têm, a uma segunda-feira gélida, a admitir que falhei e que não aguento mais ignorar este assunto... 

 

Mas como é que é possível que dinheiro da Santa Casa seja usado para salvar um banco?! COMO?!

 

Isto causa-me urticária. Isto deixa-me a hiperventilar. Isto dá-me vontade de escrever uma carta ao Marcelo!

 

Como?!

 

Se fossemos um país abundante em infantários, em lares condignos, com um serviço nacional de saúde de primeira, escolas de fazer inveja a qualquer país nórdico e forças de segurança pública bem artilhadas e treinadas para fazer frente a qualquer larápio, onde não existissem pessoas a dormir nas ruas e a passar fome, eu ainda poderia admitir que a Santa Casa de Misericórdia, uma instituição cuja missão é ajudar os mais carenciados, pudesse injetar, (como dizem os entendidos), uma quantidade de dinheiro astronómica numa instituição bancária. Mas não é o caso.

Como se explica, então, que tal aconteça? Como podemos ficar de braços cruzados a assistir, impávidos e serenos, a tal barbaridade? Como podemos achar que é normal que uma instituição de caráter social dê dinheiro a um banco? Como pode a classe política compactuar algo assim? 

Tantas perguntas que ficarão por responder... O país está envolto num suposto otimismo. A crise parece ser um fantasma do passado. E este assunto acabará por cair no esquecimento. 

(Imagem aqui)

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Direitos de Autor

Todos os textos contidos neste blog, regra geral, são da minha autoria e, caso não sejam, serão devidamente identificados. Qualquer reprodução de um texto aqui publicado só poderá ser feita mediante a minha autorização. Para qualquer contacto ou esclarecimento adicional: hamaremmim@gmail.com Obrigada

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D