Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

há mar em mim

27
Out20

Valeria, a série da Netflix que têm de ver

C.S.

(Imagem aqui)

 

Valeria é uma série da Netflix inspirada tetralogia de Elísabet Benavent. E eu acabo de vê-la, após ter terminado de ler os livros. 

Relativamente aos livros, deixem-me dizer-vos que passei bons momentos com eles, não são os melhores livros que li em 2020, mas fizeram-me rir, apaixonar e levaram-me a Madrid. E foram suficientemente bons para ter lido os quatro de seguida. 

E a série? Não me desiludiu nada. Na verdade adorei. Tanto que venho aqui recomendá-la. São apenas 8 episódios que devoramos em tempo recorde. Creio que os personagens acabam por ter uma história mais interessante na série, têm mais background. Valeria é super atual e oferece-nos diálogos maravilhosos. Adoro a relação de amizade daquelas quatro amigas. Adoro que a Valeria queira ser escritora e não desista do seu sonho. E claro, adoro o romance que começa a surgir com Víctor (um homem ao qual nenhuma mulher conseguiria resistir, aviso já ). O final também é ótimo, real e deixa-nos a ansiar por mais. 

Mas se todos estes argumentos não vos servirem, deixo aqui o argumento bónus, aquele que sei que será infalível (). 

(Imagem aqui)

07
Fev20

#2 Sugestão para o fim de semana: Sex Education

C.S.

Se por acaso ainda não viram a segunda temporada de Sex Education, da Netflix, este é um bom fim de semana para fazê-lo. 

Esta série foi uma das surpresas de 2019, (falei-vos da temporada 1 aqui), e o início de 2020 trouxe-nos a segunda temporada.

(Imagem aqui)

Nesta segunda temporada Otis,  (Asa Butterfield), parece estar feliz com a sua relação com  Ola, (Patricia Allison), e confiante de que as coisas só poderão correr-lhe melhor agora que tem namorada. Mas todos sabemos que o amor é complicado e na adolescência ainda pior. É quando Maeve, (Emma Mackey), regressa a Moordale que tudo se complica. 

Já Eric, (Ncuti Gatwa), melhor amigo de Otis, está dividido entre dois amores e afirma-se, uma vez mais, como um dos personagens mais interessantes e queridos desta série. 

O que também é muito interessante ver nesta segunda temporada é a forma como a mãe de Otis, Jean, (Gillian Anderson), se integra na escola, como terapeuta, ao mesmo tempo que vai lidando com o facto de poder estar efetivamente apaixonada, coisa que não lhe acontecia há anos. Parece-me que a introdução desta personagem na escola é uma forma de sermos alertados para a necessidade que há de falar com os jovens sobre a sexualidade. 

 

Resta-me dizer-vos que, ainda que não me tenha surpreendido tanto quanto a primeira temporada, gostei bastante da segunda temporada de Sex Education e os oito episódios que a constituem sabem a pouco. Adorei o episódio onde ressalta a solidariedade feminina, que tanta falta faz numa sociedade como a nossa. 

Nota final para os locais onde a série é filmada, pois somos brindados com paisagens deslumbrantes, de um verde lindíssimo. Quem não quereria viver na casa de Otis e estar rodeado de verde? Eu queria! Vejo-me a tomar o pequeno almoço e a ler um livro naquela varanda maravilhosa. 

 

 

06
Fev20

Os melhores hotéis para celebrar o amor (em qualquer mês)

C.S.

Aproveito a proximidade do Dia dos Namorados para fazer este post, mas a verdade é que o romance pode (e deve!) ser cultivado em qualquer mês. E para mim não há nada mais romântico que uma escapadinha a dois. 

Vou-vos listar os hotéis para onde eu iria de bom grado namorar muito. 

De sul para norte, venham sonhar comigo e, quem sabe, tirar apontamentos. 

 

  • Martinhal Sagres Beach Family Resort Hotel 

Se o vosso desejo é uma escapadinha junto ao mar este hotel é perfeito. Situado no barlavento algarvio, a poucos quilómetros de Sagres, pode ser a pausa que procuram. Que tal um passeio de mão dada à beira-mar?

 

  • Convento do Espinheiro, Historic Hotel & Spa

É nos arredores de Évora que poderão encontrar este luxuoso hotel. Deixem-se levar pela paz que o Alentejo proporciona e permitam-se desacelerar.

Não deixem de apreciar a belíssima comida alentejana ou de passear de mão dada com a pessoa que amam pelo centro histórico de Évora. 

 

  • Quinta Da Comporta - Wellness Boutique Resort

Este lindíssimo hotel consegue estar muito perto do mar, mas proporcionar a calmaria que só o campo é capaz de nos transmitir, para além disso tem duas piscinas (interior e exterior) deslumbrantes. Aqui sugere-se o passeio ao pôr do sol, pois todos sabemos que o Alentejo propicia-nos alguns dos melhores pores do sol do país. 

 

  • Luz Charming Houses 

Ainda que, quando se pense em romance não nos venha imediatamente a cidade de Fátima à memória, creio que este hotel merece a vossa atenção. Com uma decoração única e quartos que nos convidam à doce preguiça, será fácil deixar os problemas à porta. Aqui a sugestão é escolher o quarto que mais se adeque ao vosso gosto, pois uns têm lareira e outros banheira, elementos que podem facilmente potenciar o romance. 

 

  • Casa de São Lourenço

Eu, uma fã do mar, não podia adorar mais a paisagem de serra/montanha e este hotel, localizado em Manteigas, goza de uma situação geográfica fascinante. Aqui respira-se ar puro. Aqui a minha sugestão não podia ser outra, apreciem a paisagem e, porque não, levem o vosso livro preferido e desfrutem dele no cenário ideal. 

 

Eu ia só colocar um hotel no Douro, mas não me consegui decidir. Para além disso, eu sou, desde agosto de 2019, uma apaixonada pela Douro, que é, quanto a mim, uma das zonas mais românticas do país. 

 

  • The Wine House Hotel - Quinta da Pacheca

A Quinta da Pacheca é amplamente conhecida pelos seus vinhos, mas também tem um hotel deslumbrante, onde poderão dormir numa pipa de vinho, se assim o desejarem. Aqui têm de fazer um passeio de fim de tarde por entre as vinhas e se isto não é puro romance, então eu não sei o que será. 

 

  • Six Senses Douro Valley

Este hotel está situado numa colina com vista para o rio Douro e só isto bastaria para nos convencer, o Six Senses promete ser uma experiência ímpar. Decorado com um exímio bom gosto e recorrendo a elementos naturais, este hotel é o refúgio ideal para reacender a paixão ou para um pedido de casamento. 

A propriedade tem cerca de 8 hectares e vários recantos para relaxar e deixarmo-nos entregar aos belíssimos prazeres que a vida na Terra nos proporciona, incluindo um dos spas mais bonitos do país. 

 

Ficaram com vontade de raptar a vossa cara metade e fugir para um destes destinos? Qual? Contem-me tudo!

 

 

(Todas as imagens deste post foram retiradas de Booking.com)

10
Jan20

#1 Sugestão para o fim de semana: Atypical

C.S.

Atypical foi a primeira série que comecei a ver em 2020 e gostei tanto que já vi as 3 temporadas. 

(Imagem aqui)

É uma série que todos deveriam ver, na minha opinião, porque aborda a diferença, mostrando-nos que o ser humano é capaz de se superar, com apoio e perseverança. 

Adoro séries que são, efetivamente, sobre pessoas, com problemas reais, com dúvidas, com erros e com vontade de mudar e fazer melhor. Atypical é sobre tudo isso e também sobre um adolescente que está no espectro autista. Mas o que me agrada nesta série é que o foco não está apenas no transtorno de que Sam padece, pois vemos os restantes elementos da sua família a lidar com os mais variados problemas pessoais, que são desde a infidelidade à descoberta da homossexualidade. 

Espero que a Netflix faça uma quarta temporada, uma vez que acredito que ainda há muito por contar sobre a vida destes personagens que me fizeram rir e emocionar na mesma medida. 

 

Fica o trailer.

 

 

 

21
Nov19

Essenciais para a estação fria

C.S.

Bom dia!

Como estão desse lado? Espero que quentinhos. Por aqui chove (e que falta que faz!) e faz frio e tudo está certo, porque é assim que deve ser. 

Dadas as condições climatéricas, achei que hoje era um bom dia para vos trazer aqui algumas peças que considero essenciais nos dias mais frios. E o que não pode mesmo faltar são botas e casacos. Concordam?

 

Venham descobrir os meus preferidos, até porque não tarda todos precisamos de inspiração para as compras de Natal.

 

Comecemos pelos casacos, trago-vos opções de três marcas: Morgan, Salsa e Massimo Dutti

 

Já no que toca a botas, estou rendida às coleções destas marcas: Pikolinos, Cubanas e Dysfuncional. A Cubanas e a Dysfuncional são marcas nacionais, sabiam?

 

Sei bem que as marcas que vos trago aqui não são das mais acessíveis, mas julgo que no que toca a casacos e botas vale a pena investir em peças que durem, de boa qualidade. É a história do menos é mais: tenho menos peças, mas de maior qualidade. 

 

Ah! E nota-se muito que eu gosto de andar confortável? 

 

Quais são os vossos preferidos? Contem-me tudo. 

 

Nota: Todas as imagens foram retiradas dos respetivos sites das marcas, aos quais podem aceder através do link que criei. 

18
Jun19

As duas séries que me prenderam após o final de Game of Thrones

C.S.

Não é novidade que eu me tornei numa super fã de Game of Thrones. Esperei muito pela oitava temporada, fiz o que pude para evitar spoilers  (tarefa nem sempre bem conseguida), vi todos os 6 episódios à hora em que estreavam mundialmente e fiquei desiludida com o final. É assim. Nas séries, como na vida, as coisas não são sempre justas e dificilmente seguem o caminho que nós queremos. 

 

Contudo, GOT continua a ser a minha série preferida e é difícil superar o fim de uma série que nos deu tanto. Verdade? 

 

Após o fim andei um pouco à deriva no que toca a séries. Via um episódio de uma, mais 10 minutos de outra... Ia saltitando, sem que nada me prendesse verdadeiramente. Até que descobri Big Little Lies. Uma série que tem uma primeira temporada totalmente certinha... Da representação à banda sonora, esta série é boa em tudo. Com um argumento que nos prende e intriga e uma season finale tão perfeita que nem precisava de uma segunda temporada, esta série tem tudo para merecer a vossa atenção. É da HBO

(Imagem aqui)

 

Finalizada a 1.ª temporada de BLL, eis que descubro, também na HBO, Killing Eve, uma série da BBC. E... UAU! Este thriller prende-nos de tal forma, que chega a ser viciante. É como os bons livros do género, queremos ler sempre mais para saber o que é que vai acontecer. Com esta série o sentimento é o mesmo. 

Killing Eve tem como figuras centrais Eve Polastri, uma agente do M16, e Villanelle, uma psicopata russa. A ação vai-se desenvolvendo por várias cidades europeias e as mulheres vão ficando cada vez mais obcecadas uma com a outras. Se Eve é uma espécie de heroína completamente inesperada, pois na primeira vez que a vemos pegar numa arma salta-nos à vista a sua falta de jeito, Villanelle é uma assassina implacável (não se deixem enganar), mas que volta e meia parece agir como uma criança (caprichosa!) e denotar uma enorme falta de atenção/amor. 

Iniciei ontem a segunda temporada e estou desejosa de ver que rumo irá tomar...

(Imagem aqui)

 

E vocês?

Como superaram os finais das vossas séries preferidas?

Contem-me tudo!

 

07
Mar19

Boa tarde.

C.S.

IMG_20190305_183506.jpg

 

Estão a ter uma boa tarde? 

Quantas vezes já sorriram hoje? 

Já pararam para apreciar algo de que gostem mesmo? 

Quando foi a última vez que fizeram algo só para vocês mesmos? 

Quando foi a última vez que se sentiram felizes?

O que é preciso para que o dia vos pese menos? 

 

Não, não vim até cá simplesmente para divagar. Passei por cá para vos relembrar que as pequenas coisas também nos fazem felizes. Às vezes, (sempre?), são apenas essas que importam. 

 

Não deixem o dia terminar sem fazer alguma coisa que vos proporcione um momento de prazer. 

 

E eu?

Neste preciso momento: uma fatia de bolo acabado de fazer, um café e um livro. 

24
Fev19

E hoje à noite há vestidos...quer dizer, Óscares!

C.S.

Esta é a noite de maior glamour no que toca a Red Carpets. A indumentária que as estrelas de Hollywood vão luzir este noite anda a ser pensada há semanas.

Não acreditam? Pensem com quanto tempo de antecedência escolhem os trapitos quando têm um casamento... Pois! 

Amanhã haverá listas de melhores e piores vestidas. Amanhã é o dia dos comentários. Mas hoje, à semelhança do que fiz o ano passado, venho deixar-vos alguns vestidos que eu acho que poderiam brilhar na passadeira vermelha. Sim, que eu sou boa pessoa. Hoje deixo sugestões e amanhã já posso apontar o dedo à vontade. Muuuahhhhahhhhhahhhh... 

(E quem sabe se não aparece por lá algum destes...)

 

Devo dizer-vos que, para fazer este post, andei a vasculhar as páginas dos principais criadores de alta costura e cheguei à conclusão que as famosas não terão a vida facilitada este ano. No entanto, ainda se arranjam boas opções.

 

Armani Privé 

Armani Privé.jpg

 

 

Elie Saab 

elie saab.jpg

 

elie saab1.jpg

 

elie saab2.jpg

 

Valentino

valentino.jpg

 

Zuhair Murai

zuhair murai.jpg

 

Givenchy

givenchy.jpg

 

Marchesa

Marchesa.jpg

 

George Hobeika

Georges-Hobeika.jpg

(Nota: Todas as imagens foram retiradas dos sites das respetivas marcas.)

 

E depois já sabemos, não é? É fazer o penteado e a maquilhagem certa e levar os sapatos mais deslumbrantes. E estão prontas para desfrutar dos croquetes. Quer dizer, dos prémios. 

 

Digam-me nos comentários qual é o vosso vestido preferido e, se quiserem brincar à séria, quem gostavam de ver a usá-lo. 

11
Fev19

Quando os fins-de-semana passam a correr

C.S.

O fim-de-semana passou a correr. Mas correu no bom sentido. 

 

Depois de um mês intenso em trabalho este fim-de-semana foi a pausa na rotina que eu estava a precisar. Envolveu passeio, visitar amigos, jogos de tabuleiro e boa comida. Gargalhadas e afetos. E sempre amor. O meu. Sempre ao meu lado. Não há melhor, acreditem.

 

No que diz respeito à comida, tenho de vos falar do restaurante onde almocei ontem: Boa-Bao, em Lisboa. Um restaurante tailandês que é uma experiência maravilhosa para o nosso paladar. Comi lá os melhores noodles de arroz que já tive a oportunidade de saborear. Recomendo muitoooo! Tem um ambiente descontraído, cool, mas chique. O sítio ideal para ir se queremos boa comida e uma ótima conversa, pois a sala é intimista e propícia a meter a conversa em dia. É um sítio onde quero, sem dúvida, regressar. 

(Imagem aqui)

 

Boa semana para todos vocês. 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Direitos de Autor

Todos os textos contidos neste blog, regra geral, são da minha autoria e, caso não sejam, serão devidamente identificados. Qualquer reprodução de um texto aqui publicado só poderá ser feita mediante a minha autorização. Para qualquer contacto ou esclarecimento adicional: hamaremmim@gmail.com Obrigada

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D