Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

há mar em mim

09
Out17

Mas o que vem a ser isto?!

C.S.

Andava eu a passear pelo youtube, como quem passeia pelo jardim da cidade, quando decido clicar na opção "Tendências", (sim, às vezes dá-me para isto, apesar de já saber de antemão da quantidade de lixo que se pode encontrar nestas "tendências"),  e deparo-me com um vídeo que jamais deveria ter sido aberto. (Mas eu estava entediada, tentem compreender.)

 

Abro o dito cujo e era, nada mais, nada menos, que um excerto de um dos programas da tarde, que como todos sabemos, são dotados de conteúdos magnífico...

 

E o que é que temos? Temos um senhor a tentar provar que andou a comer a irmã da mulher. APLAUSOS!!! 

 

Vocês têm de assistir a isto se querem começar a vossa semana a exercitar a zona abdominal, vão por mim, que eu não vos minto.

 

Posto isto, vamos a alguns factos:

- a Fatinha está a fazer um trabalho notável ao manter-se séria;

- a TVI agora passa reality shows a qualquer hora do dia;

- o machão parece o Sherek;

- a senhora traída sorri, portanto, parece estar bem com a situação;

- esta máquina é tão boa que deveria ser usada em todos os tribunais;

- o senhor espanhol tem mais ar de serial killer que de professor;

- podemos respirar de alívio, porque a televisão portuguesa está bem de saúde e recomenda-se, não é fácil fazer tal número de comédia e, ainda por cima, a esta hora do dia. Ufa...

 

(É por estas e por outras que eu só vejo séries e pouco mais...)

 

Tenham uma ótima semana.

 

 

25
Jul17

Miguel Araújo – Axl Rose

C.S.

 

Eu sou suspeita. É verdade. Já me confessei fã de Miguel Araújo mais que uma vez, mas não deixem de ouvir esta música, não deixem de assistir a este extraordinário vídeo.

Por aqui compreendemos bem como a música portuguesa vai de boa saúde.

Este vídeo, tal como a letra da música, é uma verdadeira homenagem que o Miguel faz à Cultura Pop dos anos 80 e início dos anos 90.

São tantas as referências que podia ser um verdadeiro desafio decifrar todas elas... Desde filmes de culto a grandes referências musicais, está aqui tudo, não falta mesmo nada, porque o Miguel não é de deixar nada pela metade e ele apura bem os seus trabalhos.

 

Adoro! E vocês?

Boa terça-feira.

23
Mai17

Toca a trabalhar esses abdominais!

C.S.

Quem por aqui vai passando já compreendeu que no Há mar em mim, sempre que posso, gosto de vos incentivar a trabalhar os abdominais, recorrendo a algo que está cientificamente comprovado que resulta a 200%...o riso!

 

O desafio para hoje é: assistir a este vídeo sem rir! (Quero saber quem será capaz de tal proeza.)

 

 

27
Abr17

A cura de hoje contra o baixo astral...

C.S.

Ouvi isto em primeira mão, dentro do carro, à porta do trabalho. Quase que chegava atrasada, mas fui incapaz de sair do carro. 

 

A Mixórdia de Temáticas é sempre ótima, mas a de hoje é qualquer coisa vinda do planeta super especial e privilegiado onde só os grandes momentos humorísticos têm o prazer de ser fabricados. Felizmente que temos o Ricardo Araújo Pereira, que tantas vezes consegue aceder ao fantástico planeta. 

Vejam e riam. Riam muito, como eu me ri. 

24
Abr17

Este vídeo tem de ser visto por todos!

C.S.

Uma menina de 17 anos, espanhola, a frequentar o ensino secundário decidiu fazer uma curta metragem para entrar num concurso da sua escola, Alicia Ródenas Sánchez, assim se chama ela, utilizou um texto de Ro de la Fuente que fala sobre a violência machista a que todas as mulheres são sujeitas. 

Do alto dos seus 17 anos, Alicia fez uma interpretação poderosa, incapaz de deixar seja quem for indiferente e ainda bem, porque esta temática merece toda a atenção que lhe possamos dar. 

 

Assistam com atenção e digam-me de vossa justiça. 

 Ahora o Nunca

 

 

 Alicia, a câmara e um fundo escuro são quanto baste para nos prender e angustiar ao longo de pouco mais de 5 minutos. 

 

Deixo-vos aqui algumas frases por ela proferidas e livremente traduzidas (agora) por mim:

«Tão engraçados, os miúdos, a levantar as saias, são coisas de miúdos.»

«Não sejas tão bruta a brincar, pareces um menino.»

«As meninas não gritam, cala-te!»

«Se te veem a brincar com os rapazes vão chamar-te Maria-Rapaz.»

«Deixa de queixar-te!»

«Assim vestida pareces uma puta.»

«O que é que se passa? Estás menstruada?»

«Vomitas para emagrecer? Que superficial, a beleza está no interior.»

«Olha, olha a gorda. Vai àquela. São mais fáceis porque estão desesperadas.»

«Fodes com todos. Puta!»

«Não queres ser mãe? És demasiado jovem para saber. Vais perder o mais importante da tua vida.»

«O que há para jantar? O que há para comer? Onde estão as toalhas? Não me passas-te a camisa?»

«Esse tipo trata-te bem, o que é que queres mais?»

«Para de chorar que já! Que já és grande.»

«Se não fosse eu, tu não eras nada!»

«Não me deixes ou mato-te!»

 

 

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Direitos de Autor

Todos os textos contidos neste blog, regra geral, são da minha autoria e, caso não sejam, serão devidamente identificados. Qualquer reprodução de um texto aqui publicado só poderá ser feita mediante a minha autorização. Para qualquer contacto ou esclarecimento adicional: hamaremmim@gmail.com Obrigada

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D